1 evento ao vivo

Irã diz que injetará gás em centrífugas de Fordow na quarta-feira

5 nov 2019
09h20
  • separator
  • 0
  • comentários

O Irã dará mais um passo na redução dos compromissos assumidos no âmbito do acordo nuclear histórico de 2015 injetando gás em 1.044 centrífugas de sua usina de Fordow na quarta-feira, disse o presidente Hassan Rouhani, nesta terça-feira, em discurso transmitido ao vivo pela televisão.

Presidente do Irã, Hassan Rouhani
26/09/2019
REUTERS/Brendan Mcdermid
Presidente do Irã, Hassan Rouhani 26/09/2019 REUTERS/Brendan Mcdermid
Foto: Reuters

Todas as medidas que o Irã adotou para reduzir seus compromissos com o acordo são reversíveis, e o país manterá todos os seus compromissos com o pacto quando os signatários remanescentes --França, Reino Unido, Alemanha, Rússia e China--fizerem o mesmo, disse Rouhani.

"Conhecemos a sensibilidade deles com relação a Fordow. Com relação a estas centrífugas, conhecemos. Mas ao mesmo tempo, quando eles cumprirem seus compromissos, voltaremos a cortar o gás... então é possível reverter este passo", disse Rouhani. "Não podemos aceitar unilateralmente que cumpramos completamente nossos compromissos e eles não deem sequência com seus próprios compromissos".

Pelos termos do acordo, a República Islâmica tem permissão de acionar as centrífugas de Fordow sem injetar gás, argumentou Rouhani.

Na segunda-feira, o Irã disse ter inaugurado uma nova leva de centrífugas avançadas para acelerar o enriquecimento de urânio, reduzindo ainda mais o cumprimento do pacto em reação à retirada do arquirrival Estados Unidos.

Teerã vem descartando gradualmente os compromissos que assumiu com o acordo com as potências mundiais desde que se tornou alvo de novas sanções dos EUA no ano passado que prejudicaram suas exportações de petróleo.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade