PUBLICIDADE

Faturamento da Pfizer dispara com venda de vacinas anti-Covid

Empresa registrou US$ 14,58 bi em receitas no primeiro trimestre

4 mai 2021
09h50 atualizado às 09h59
0comentários
09h50 atualizado às 09h59
Publicidade

A multinacional americana Pfizer encerrou o primeiro trimestre de 2021 com faturamento de US$ 14,58 bilhões, um aumento de US$ 10,08 bilhões em relação ao mesmo período do ano passado.

Pfizer prevê entregar 1,6 bilhão de vacinas anti-Covid em 2021
Pfizer prevê entregar 1,6 bilhão de vacinas anti-Covid em 2021
Foto: ANSA / Ansa - Brasil

O resultado está acima das expectativas dos analistas, que esperavam US$ 13,62 bilhões, e se deve em parte às receitas com sua vacina anti-Covid, que totalizaram US$ 3,5 bilhões no período.

A Pfizer prevê encerrar 2021 com US$ 26 bilhões de faturamento obtido com as vendas do imunizante, um aumento de US$ 11 bilhões em relação à estimativa anterior. As receitas da farmacêutica devem fechar o ano entre US$ 70,5 bilhões e US$ 72,5 bilhões.

Além disso, a empresa projeta um lucro entre US$ 3,55 e US$ 3,65 por ação, alta de 45% em relação à previsão anterior. No primeiro trimestre, o lucro líquido cresceu 45% e totalizou US$ 4,9 bilhões.

Segundo a Pfizer, até o fim do ano terão sido entregues 1,6 bilhão de doses de sua vacina anti-Covid, desenvolvida em parceria com o laboratório alemão Biontech, com base nos contratos fechados até meados de abril.

Até o dia 3 de maio, a farmacêutica enviou cerca de 430 milhões de doses para 91 países.

Ansa - Brasil   
Publicidade
Publicidade