0

Ucrânia: ministro anuncia recrutamento para Guarda Nacional

13 mar 2014
05h35
atualizado às 05h36
  • separator
  • 0
  • comentários

O ministro do Interior da Ucrânia, Arsen Avakov, anunciou o início do recrutamento para a Guarda Nacional, uma nova força policial militarizada, cuja criação é esperada para esta quinta-feira pelo Parlamento do país.

"Cerca de 20 mil ucranianos poderão formar em breve a reserva especial da Guarda Nacional e estar preparados para cumprir as tarefas de defesa da paz e da estabilidade no país", escreveu hoje Avakov em seu perfil do Facebook.

O ministro acrescentou que 50 mil cidadãos ucranianos já se mostraram dispostos a formar as fileiras da Guarda, cujos locais de instrução começarão a funcionar amanhã, sexta-feira.

"A criação da Guarda Nacional da Ucrânia é um passo muito importante para o país como resposta às tentativas vindas do exterior de desestabilizar a situação", destacou o responsável de Interior em referência à intervenção russa na república separatista da Crimeia.

O presidente interino da Ucrânia, Alexander Turchinov, ordenou a criação da Guarda Nacional na última terça-feira em meio a crescente tensão entre Kiev e Moscou pela ocupação russa da península da Crimeia.

As autoridades pró-russas da Crimeia convocaram para este domingo um referendo sobre a integração da república autônoma à Federação Russa, uma consulta declarada ilegal pelo governo central em Kiev.

<a data-cke-saved-href="http://noticias.terra.com.br/mundo/crise-na-ucrania/" href="http://noticias.terra.com.br/mundo/crise-na-ucrania/">veja o infográfico</a>
EFE   
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade