PUBLICIDADE

Premiê turco defende reação forte contra islamofobia

O premiê se uniu aos cerca de 50 líderes mundiais na manifestação parisiense

11 jan 2015 22h21
| atualizado em 12/1/2015 às 08h24
ver comentários
Publicidade
O premiê turco defendeu ações contra islamofobia
O premiê turco defendeu ações contra islamofobia
Foto: Umit Bektas / Reuters

O primeiro-ministro turco, Ahmet Davutoglu, saudou a marcha de Paris, realizada neste domingo, como uma mensagem forte ao mundo, mas defendeu reações similares em caso de ataques a mesquitas e de atos islamofóbicos.

Davutoglu se uniu aos cerca de 50 líderes mundiais na manifestação parisiense em memória das 17 vítimas dos ataques dos últimos dias na França.

A presença do premiê turco, um dos principais dirigentes muçulmanos, foi percebida na Turquia como um gesto de alto valor simbólico.

"É uma mensagem dirigida ao mundo inteiro de que todos devem se levantar contra a ameaça do terrorismo", afirmou Davutoglu, em conversa com os jornalistas na embaixada turca em Paris, transmitida pela televisão.

"Esperamos que a mesma sensibilidade se manifeste após ataques contra mesquitas, ou em caso de islamofobia", frisou.

Ele também elogiou as declarações do presidente francês, François Hollande, na sexta-feira. Segundo Hollande, "esses fanáticos [em referência aos responsáveis pelos ataques] não têm nada a ver com a religião muçulmana".

AFP Todos os direitos de reprodução e representação reservados. 
Publicidade
Publicidade