3 eventos ao vivo

Morre aos 87 anos o ex-chanceler alemão Helmut Kohl

16 jun 2017
13h02
atualizado às 13h40
  • separator
  • comentários

O ex-chanceler alemão Helmut Kohl, que governou a Alemanha entre 1982 e 1998, morreu nesta sexta-feira (16) aos 87 anos em sua casa de Ludwigshafen, no sudoeste do país, segundo informou seu partido, a União Democrata-Cristã (CDU).

Kohl foi o chanceler que por mais anos governou a república federal - quatro legislaturas - e o artífice da reunificação alemã, após a queda do muro de Berlim em 1989.

Helmut Kohl
Helmut Kohl
Foto: RONALD WITTEK / EFE

"Estamos de luto. Descanse em paz", escreveu o CDU em seu perfil no Twitter, com o que confirmou a morte do político.

A União Social-Cristã (CSU), o partido bávaro irmão do CDU de Angela Merkel, também se expressou pelo Twitter: "Estamos de luto pelo ex-chanceler Helmut Kohl. Kohl era um grande estadista, as suas conquistas para o nosso país são incalculáveis".

O ex-chanceler encontrava-se desde 2008 afastado da atividade pública e prostrado em uma cadeira de rodas, após cair de uma escada e sofrer um traumatismo cranioencefálico.

Kohl saltou à política nacional em 1976, quando se tornou chefe da oposição e chegou à chancelaria em 1982, após ganhar uma moção de censura contra o então chefe do Executivo alemão, o social-democrata Helmut Schmidt.

Um ano depois, foi ratificado pelas urnas no posto de chanceler e se manteve no cargo até 1998, quando foi derrotado pelo social-democrata Gerhard Schröder, que se aliou com Partido Verde pela primeira vez para recuperar o governo da Alemanha.

Veja também

EFE   

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade