5 eventos ao vivo

Marca de maconha terá nome de Bob Marley, diz família

De acordo com a filha de Bob, Cedella Marley, a ideia é promover a honra e o legado de seu pai – em sua forma “autêntica”

19 nov 2014
12h22
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
"Marley Natural", que deverá estar disponível no fim de 2015, traz o nome do ícone do reggae
"Marley Natural", que deverá estar disponível no fim de 2015, traz o nome do ícone do reggae
Foto: The Independent / Reprodução

Os fãs de Bob Marley poderão, em breve, comprar maconha e produtos relacionados à droga e ao reggae nos Estados Unidos, segundo divulgou a família do cantor nesta quarta-feira. A marca “Marley Natural” vai levar o nome do jamaicano como forma de homenagem ao seu estilo de vida e legado. As informações são do The Independent e agência AFP.

Mais de três décadas depois da morte de Marley, a empresa Privateer Holdings, sediada em Seattle, no estado de Washington, juntou-se à família de Marley para criar a "Marley Natural", que deverá estar disponível no fim de 2015.

A família do cantor já autorizou o uso de seu nome para alguns produtos como o Marley Café e a Casa de Marley, de fones de ouvido.

De acordo com a filha de Bob, Cedella Marley, a ideia é promover a honra e o legado de seu pai – em sua forma “autêntica”.

Bob Marley, que morreu de câncer em 1981, com 36 anos, considerava a canabis um ingrediente essencial da fé rastafári e militou ativamente pela legalização da erva.

A lei federal americana proíbe o consumo diário, a venda e a posse de maconha, mas os estados de Colorado (oeste) e Washington (noroeste) legalizaram seu uso.

Oregon, Alasca e a capital federal, Washington, aprovaram sua legalização em referendo, em 4 de novembro, enquanto o governador do estado de Nova York, Andrew Cuomo, autorizou sua utilização em janeiro para fins medicinais.

O prefeito da cidade de Nova York, Bill de Blasio, anunciou na semana passada que as pessoas em posse de uma quantidade inferior a 25 gramas de canabis não serão presas, embora vão continuar a pagar uma multa.

A maconha é também legalizada em países como Holanda, Uruguai, Canadá, Espanha e Israel.

Drogas: da legalização à pena de morte Drogas: da legalização à pena de morte

Veja também:

Onde vão parar os votos antecipados nas eleições dos EUA?
Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade