4 eventos ao vivo

EUA insistem com a Venezuela que Snowden deve enfrentar a justiça

19 jul 2013
13h46
atualizado às 15h00
  • separator
  • 0
  • comentários

Os Estados Unidos reiteraram junto à Venezuela que o ex-técnico da inteligência americano Edward Snowden, a quem Caracas ofereceu asilo, deve enfrentar a justiça de seu país, informou nesta sexta-feira um funcionário do departamento de Estado, que não quis ser identificado.

Em uma telefonema, o secretário de Estado americano, John Kerry, conversou com o ministro venezuelano das Relações Exteriores, Elías Jaua, sobre o fato de Snowden "alvo de acusações criminais sérias e deveria voltar aos Estados Unidos para enfrentá-las, caso venha a ficar sob jurisdição venezuelana", contou a fonte à AFP.

O presidente de Venezuela, Nicolás Maduro, é um dos dirigentes que mais defendeu Snowden e, em 5 de julho, ofereceu asilo a ele de forma oficial, assim como a Nicarágua e a Bolívia.

Segundo a fonte, Kerry não mencionou em sua conversa com Jaua que implicações teria um possível asilo de Snowden em Caracas na relação entre os dois países, que recentemente retomaram o diálogo para a volta de embaixadores, depois de anos de relações tensas.

AFP Todos os direitos de reprodução e representação reservados. 
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade