PUBLICIDADE

EUA adiam reunião com Rússia sobre ataque de gás na Síria

27 ago 2013 07h22
| atualizado às 07h43
ver comentários
Publicidade

O Departamento de Estado americano adiou na segunda-feira uma reunião marcada para quarta-feira em Haia entre diplomatas dos Estados Unidos e da Rússia sobre o ataque com armas químicas na Síria, devido a "consultas em andamento".

A reunião teria como objetivo discutir planos para uma conferência internacional de paz voltada a acabar com a guerra civil na Síria. Mas um alto funcionário do Departamento de Estado disse em comunicado que a reunião foi cancelada "devido às nossas consultas em andamento sobre a resposta apropriada para o ataque com armas químicas na Síria em 21 de agosto".

"Vamos trabalhar com os nossos colegas russos para reagendar a reunião", disse o alto funcionário do Departamento de Estado, acrescentando que o ataque com armas químicas demonstrou a necessidade de uma "solução política global e duradoura" para acabar com a guerra civil.

A Rússia lamentou a decisão norte-americana. "É lamentável que nossos parceiros decidiram adiar a reunião Rússia-EUA sobre a convocação de uma conferência internacional sobre a Síria", disse o vice-chanceler Gennady Gatilov, que participaria do encontro, no Twitter. "Trabalhar os parâmetros políticos para uma resolução na Síria seria extremamente útil agora, quando a ameaça de força (militar) paira sobre este país."

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
Publicidade
Publicidade