0

Estado Islâmico mantém quase 100 crianças como reféns

6 set 2014
18h39
atualizado às 18h40
  • separator
  • 0
  • comentários

O grupo extremista Estado Islâmico estaria mantendo como reféns quase 100 crianças iraquianas, incluindo xiitas e yazidis, na cidade de Mosul, no Iraque, disseram neste sábado fontes locais citadas pelo site curdo Rudaw. Segundo elas, as crianças estão em um orfanato da cidade, que foi conquistada pelo EI em junho. 

<p>Grupo jihadista tenta construir califado entre a Síria e o Iraque</p>
Grupo jihadista tenta construir califado entre a Síria e o Iraque
Foto: Twitter

Tanto os xiitas (que representam um ramo do islã) como os yazidis (seguidores de uma religião curda com antigas raízes indo-europeis) são vistos como adversários pelo grupo jihadista, que é sunita e tenta construir um califado na região entre a Síria e o Iraque.

As atividades do EI, que até recentemente levava o nome de Estado Islâmico do Iraque e do Levante (Isis), tem preocupado a comunidade internacional, principalmente a União Europeia e os Estados Unidos. O grupo se utiliza de métodos bárbaros, como sequestros, estupros e decapitações, e tem atraído jovens europeus convertidos ao Islã.

Com informações da ANSA

Veja também:

Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade