PUBLICIDADE

Engenheiro italiano raptado no Haiti é libertado

23 jun 2021 19h35
| atualizado às 19h47
ver comentários
Publicidade

O Ministério das Relações Exteriores da Itália anunciou nesta quarta-feira (23) que o engenheiro italiano Giovanni Calì, sequestrado no último de 1º de junho no Haiti, foi libertado.

Giovanni 'Vanni' Calì tem 74 anos e é um engenheiro bastante conhecido em Catânia
Giovanni 'Vanni' Calì tem 74 anos e é um engenheiro bastante conhecido em Catânia
Foto: Reprodução / Ansa - Brasil

"Nosso conterrâneo havia sido pego no canteiro de obras onde trabalhava por um grupo criminoso local. A libertação, depois de apenas 22 dias, foi possível graças ao trabalho diário de nossa inteligência e da Unidade de Crise da Farnesina, que manteve dia após dia os contatos com a família na Sicília", diz a nota oficial.

Calì, que é conhecido pelo apelido de "Vanni", tem 74 anos e é o responsável por construir estradas da empresa Bonifica Spa no país da América Central. Ele teria sido sequestrado pela gangue "400 Mawozo", famosa por fazer raptos em troca de dinheiro.

Os criminosos chegaram até pedir um resgate de US$500 mil (cerca de R$2,5 bilhões) para libertá-lo do cativeiro, segundo fontes ligadas às investigações. Até o momento, porém, não há informações se este valor foi pago.

A libertação do italiano também foi celebrada pelo ministro das Relações Exteriores, Luigi Di Maio, que agradeceu as autoridades de segurança pelo trabalho.

Ansa - Brasil   
Publicidade
Publicidade