0

Itália fecha embaixada na Líbia e repatria seus cidadãos

Outros países europeus já tinham fechado suas sedes diplomáticas e companhias aéreas suspendido voos ao país

15 fev 2015
12h18
atualizado às 13h52
  • separator
  • comentários

A Itália fechou neste domingo a embaixada na Líbia e deu início à repatriação de dezenas de italianos residentes nesse país, diante do agravamento da situação pelo avanço militar dos jihadistas, informou a chancelaria.

Embaixada da Itália em Trípoli, na Líbia
Embaixada da Itália em Trípoli, na Líbia
Foto: Twitter

A Marinha e a Aviação escoltam a embarcação em que viajam os italianos.

A Itália é o último país da Europa que decidiu fechar sua representação diplomática na Líbia, uma decisão que demorou a tomar devido aos laços históricos e comerciais entre os dois países.

Os demais países decidiram há uns seis meses fechar suas sedes diplomáticas e todas as companhias aérea também suspenderam seus voos indo ou saindo da Líbia.

AFP Todos os direitos de reprodução e representação reservados. 

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade