1 evento ao vivo

Bolsonaro ataca PT e Psol ao declarar apoio a Guaidó

Presidente se manifestou no Twitter no dia em que o líder da oposição na Venezuela disse ter o apoio dos militares para derrubar Maduro

30 abr 2019
12h22
atualizado às 19h13
  • separator
  • 0
  • comentários

O presidente Jair Bolsonaro disse nesta terça-feira (30) que o Brasil se solidariza com o povo da Venezuela, país onde o líder da oposição Juan Guaidó disse ter apoio dos militares para depor o governo de Nicolás Maduro, e afirmou que o Brasil apoia a liberdade do país vizinho.

Juan Guaidó cumprimenta Jair Bolsonaro em visita ao Brasil
Juan Guaidó cumprimenta Jair Bolsonaro em visita ao Brasil
Foto: Ueslei Marcelino / Reuters

Em declarações em sua conta no Twitter, o presidente chamou Maduro de "ditador" e o vinculou a partidos que são oposição a seu governo no Brasil.

"O Brasil se solidariza com o sofrido povo venezuelano escravizado por um ditador apoiado pelo PT, PSOL e alinhados ideológicos. Apoiamos a liberdade desta nação irmã para que finalmente vivam uma verdadeira democracia", escreveu o presidente na rede social.

Mais cedo, Guaidó disse ter o apoio de militares para derrubar Maduro, que por sua vez, afirma ter a lealdade das Forças Armadas. Confrontos já aconteceram nos arredores de uma base aérea em Caracas onde Guaidó anunciou que tinha o apoio de militares mais cedo.

Veja também:

 

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade