0

"Por enquanto", presidente do Iêmen não voltará ao país

Monarca saudita acrescentou que a intervenção armada vai durar até que a segurança seja restaurada no país

28 mar 2015
13h00
atualizado às 15h08
  • separator
  • comentários

O presidente do Iêmen, Abd Rabbo Mansur Hadi, não deverá retornar ao país "por enquanto", e deixou a cúpula árabe no Egito rumo a Riade, na Arábia Saudita - informou o chanceler iemenita.

Pessoas cercam área alvo de um ataque aéreo nos arredores do aeroporto de Sanaa
Pessoas cercam área alvo de um ataque aéreo nos arredores do aeroporto de Sanaa
Foto: Khaled Abdullah / Reuters

Hadi deixou a cúpula da Liga Árabe em Sharm el Sheikh imediatamente após seu discurso e o do rei saudita Abdel Aziz Ben Salman, quando ambos tomaram um voo para Riade, disse à AFP o ministro Ryad Yasin.

Presidente do Iêmen, Abd-Rabbu Mansour Hadi, em foto de arquivo. 04/03/2015
Presidente do Iêmen, Abd-Rabbu Mansour Hadi, em foto de arquivo. 04/03/2015
Foto: Stringer / Reuters

"No momento, a situação deve primeiro se estabilizar", disse, em resposta à questão sobre seu retorno a Áden, no sul do Iêmen.

Em seu discurso na cúpula egípcia, o presidente do Iêmen disse que a operação militar da coalizão árabe liderada por Riade contra os rebeldes xiitas no Iêmen huthis continuarão até os rebeldes se "rendam".

O monarca saudita acrescentou que a intervenção armada vai durar até que a segurança seja restaurada no país.

 

AFP Todos os direitos de reprodução e representação reservados. 

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade