1 evento ao vivo

Rússia alerta EUA contra medidas "agressivas" na Venezuela

Ministro das Relações Exteriores do país condenou o que chamou de "interferência" dos EUA nos assuntos internos da Venezuela

1 mai 2019
14h39
atualizado às 16h15
  • separator
  • 0
  • comentários

O ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, disse ao secretário de Estado dos Estados Unidos, Mike Pompeo, em uma conversa por telefone que mais "medidas agressivas" na Venezuela trarão as mais graves consequências, informou o Ministério das Relações Exteriores nesta quarta-feira (1º).

Lavrov também condenou o que chamou de "interferência" dos EUA nos assuntos internos da Venezuela como uma violação da lei internacional, acrescentando que o diálogo entre todas as forças políticas é necessário no país latino-americano.

Também nesta quarta, em entrevista à TV, Pompeo disse que os EUA estão preparados para tomar ações militares para conter a atual turbulência vivida pela Venezuela.

“Uma ação militar é possível. Se isso for o que é necessário, é isso que os Estados Unidos farão”, disse Pompeo em entrevista à Fox Business Network. Mas ele acrescentou que os EUA preferem uma transição de poder pacífica na Venezuela.

Veja também:

 

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade