PUBLICIDADE

Madiba, Tata, Rolihlahla: conheça os vários nomes de Mandela

9 dez 2013 13h04
| atualizado às 13h04
ver comentários
Publicidade
Descanse em paz Tata Madiba, diz uma mensagem escrita em janela de carro estacionado em Soweto no dia 6 de dezembro
Descanse em paz Tata Madiba, diz uma mensagem escrita em janela de carro estacionado em Soweto no dia 6 de dezembro
Foto: AP

Sul-africanos de todas as etnias com frequência se referem a Nelson Mandela como "Madiba" ou "Tata". O uso de nomes mais informais refletem a personalidade de um homem que quebrou as barreiras da formalidade em eventos oficiais e criam um senso de intimidade entre os sul-africanos, uma vez que muitos o considerado o único pai da nação, um pai e um avó. Até a mídia do país frequentemente se refere a ele com outras alcunhas. Confira abaixo a história por trás dos nomes:

Madiba
É o modo mais comum pelo qual os sul-africanos se referem a Mandela. Madiba é o nome do clã a qual ele pertencia e deriva do nome de um chefe que governou a região de Transkei no século XVIII, segundo a  Fundação Nelson Mandela. Ao utilizarem essa alcunha, os sul-africanos prestam respeito ao filho de um chefe tradicional, mas também um sendo de familiariadade, como um amigos que se conhecem apenas pelos apelidos. 

Tata
Na língua da tribo Xhosa, a palavra significa "pai". Muitos sul-africanos adotaram o termo para demonstrar afeição e respeito pelo homem considerado o pai da África do Sul democrática. Muitos também o chamam de "Tata" porque o consideram como um membro de suas famílias. 

Rolihlahla
Nome de nascimento que Mandela recebeu de seu pai, um chefe tribal da região de Transkei, que faz parte do território Xhosa. Na língua tribal, o nome significa o "puxando um galho de uma árvore", mas coloquialmente pode ser traduzido como "troublemaker" (encrenqueiro ou criador de problemas na tradução do inglês), segundo a Fundação Nelson Mandela. 

Nelson
O nome pelo qual Mandela é universalmente conhecido lhe foi dado em seu primeiro dia na escola por um professor, de acordo com sua autobiografia. Dar nomes ingleses ou cristões para crianças negras sul-africanas não era incomum em sua infância e era um legado do período colonial, quando os nomes africanos eram considerados difíceis de pronunciar ou inferiores. Mandela é o nome de sua família. 

 

Mandela morre aos 95 anos
Nelson Mandela morreu na noite de 5 de dezembro. Há meses ele combatia uma infecção pulmonar. Logo após o presidente sul-africano, Jacob Zuma, anunciar oficialmente o falecimento, líderes mundiais prestaram homenagem ao principal líder da luta contra o apartheid na África do Sul. A presidente Dilma Rousseff lembrou Mandela como a principal personalidade do século XX. O americano Barack Obama disse que Mandela "conseguiu mais do que se poderia esperar de qualquer homem".

No dia seguinte, jornais de todo o mundo repercutiram a notícia da morte em suas páginas. Milhares de sul-africanos se reuniram em frente a suas residências, ou em lugares que ele morou, para homenagearem o heroi nacional. No início da tarde, o presidente Zuma confirmou que a programação do funeral de Mandela durará 10 dias. Ele será enterrado em seu vilarejo natal, Qunu, no dia 15 de dezembro. 

<a data-cke-saved-href="http://noticias.terra.com.br/mundo/infograficos/nelson-mandela/iframe.htm" href="http://noticias.terra.com.br/mundo/infograficos/nelson-mandela/iframe.htm">veja o infográfico</a>
Fonte: Terra
Publicidade
Publicidade