PUBLICIDADE

Guilherme Mazieiro

Alexandre de Moraes avisou Pacheco que PF faria operação contra Do Val

Ministro do STF, que autorizou operação da PF, comunicou presidente do Senado sobre mandados

15 jun 2023 - 17h45
(atualizado às 17h53)
Compartilhar
Exibir comentários
Senador Marcos Do Val
Senador Marcos Do Val
Foto: Wilton Junior / Estadão / Estadão

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes ligou para o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), para comunicar sobre a operação da Polícia Federal (PF) contra o senador Marcos do Val (Podemos-ES) nas dependências do Congresso. O telefonema se deu antes dos agentes iniciarem a operação, segundo apurou a coluna.

Moraes foi quem autorizou que a PF cumprisse três mandados de busca e apreensão contra o senador. Em situações assim, quando a operação já está na rua, autoridades da PF ou responsáveis por determinar a ação costumam comunicar o presidente do Congresso que haverá busca e apreensão no prédio.

A PF chegou por volta das 15h, nesta quinta-feira, 15. Pacheco determinou que a Polícia do Senado e a Advocacia do Senado acompanhassem as diligências.

Fonte: Guilherme Mazieiro Guilherme Mazieiro é repórter e cobre política em Brasília (DF). Já trabalhou nas redações de O Estado de S. Paulo, EPTV/Globo Campinas, UOL e The Intercept Brasil. Formado em jornalismo na Puc-Campinas, com especialização em Gestão Pública e Governo na Unicamp. As opiniões do colunista não representam a visão do Terra. 
Compartilhar
Publicidade
Publicidade