PUBLICIDADE

Faturamento de franquias cresce 12,6% no último tri de 2022

Comparação é feita com quarto trimestre de 2021; em reais, franqueados faturaram mais de R$ 211 milhões

2 mai 2023 - 16h18
Compartilhar
Exibir comentários

O ano de 2022 foi positivo para o mercado de franchising no Brasil. No que diz respeito ao faturamento, o crescimento no quarto trimestre de 2022, perante o último trimestre de 2021, foi de 12,6%, segundo a Pesquisa de Desempenho Franchising 2022 da Associação Brasileira de Franchising (ABF).

Foto: FreePik / DINO

No que diz respeito a valores, o ano de 2022 encerrou com um faturamento de R$ 211 milhões, um aumento de 14,3% com relação ao ano de 2021. Os dados apontam uma recuperação e aquecimento pós-pandemia. Depois de registrar queda no número de marcas franqueadas em 2020, o índice ultrapassou o total de 3 mil marcas em 2022, com uma média de 60 unidades por rede.

"Os dados da pesquisa da ABF são realmente muito bons e animadores, pois apontam que 2022 foi um ótimo ano para o modelo de franquias aqui no Brasil", afirma Cleber Luis Sanguanini, Gerente Comercial da Racon Consórcios. "Acompanhado e reforçado por esses dados promissores, esse aquecimento do franchising é um reflexo do mundo pós-pandemia, onde as pessoas querem tanto voltar a empreender, quanto voltar a fazer aquilo que deixaram de fazer durante esse período".

Mais unidades e mais empregos

A pesquisa da ABF também trouxe dados relevantes sobre o total de unidades de franquias e aumento de empregos na área. No ano passado, o mercado cresceu 7,8% em quantidade de pontos físicos, franquias digitais, home based e unidades móveis com relação ao ano de 2020, chegando a mais de 184 mil unidades.

"Na maioria das vezes, essas franquias carregam o nome de uma marca já consolidada, algo que traz muita credibilidade para quem está começando este empreendimento", explica Sanguanini. "A marca sempre dá um apoio comercial e de marketing para as unidades, seja com treinamentos, materiais de comunicação e publicidade, ou investimentos".

Novas unidades representaram também geração de empregos. Foram mais de 1,5 milhão de pessoas trabalhando em franquias em 2022, representando um aumento de 12,6% com relação ao ano anterior, e 17% se comparado a 2019, último ano antes da pandemia. 

Projeção para 2023

O estudo da ABF indicou também projeções para este ano. Segundo a pesquisa, o mercado de franquias deve seguir em crescimento e apresentar um crescimento de 9,5 a 12% de faturamento, além de 10% a mais de empregos e um acréscimo de 4% no total de redes. 

"Esse é um modelo de negócio já testado e comprovado no mercado. Eu costumo dizer que para abrir uma empresa do zero, você enfrenta vários desafios, que em uma rede de franquias já foram superados. Os números falam por si só. O mercado de franchising teve uma ótima performance no cenário econômico em 2022 e, ao que tudo indica, vai performar e crescer ainda mais em 2023", aposta Sanguanini.

Para saber mais, basta acessar: www.raconfranquias.com.br 

Website: http://www.raconfranquias.com.br 

DINO Este é um conteúdo comercial divulgado pela empresa Dino e não é de responsabilidade do Terra
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade