PUBLICIDADE

Falta de dentes afeta a autoestima e provoca problemas de saúde

23 jul 2018 17h25
ver comentários
Publicidade

Um adulto saudável possui 32 dentes e todos (exceto os dentes do siso) são fundamentais para o bom funcionamento do organismo. A falta de um ou vários dentes gera não só problemas estéticos, mas principalmente alterações na saúde.

Foto: IStock / DINO

"A nossa mordida é parecida com uma engrenagem de relógio. Quando um pino entorta ou quebra, o relógio funciona de maneira incorreta. Em nossa boca é a mesma coisa", afirma o especialista em implantes dentários Luis Gross Schweller.

Na mastigação, cada dente tem uma função importante: os incisivos (dentes da frente) cortam, os caninos rasgam e os pré-molares e molares (dentes posteriores) trituram os alimentos.

Quando a mastigação não é feita de forma correta, o alimento chega maior ao estômago, o que dificulta a digestão e a absorção de nutrientes. Além disso, a falta dos dentes afeta a articulação da mandíbula, provocando estalos ao abrir e fechar a boca, o que pode acarretar possíveis dores de cabeça, ouvidos e musculares.

"A ausência dos dentes causa uma força excessiva e a movimentação dos remanescentes, o que aumenta ainda mais os problemas de saúde. A mastigação fica deficiente, a fonética muda e a estética fica prejudicada", diz o especialista. A falta dos dentes afeta a dicção, causa desconforto durante a conversa, além de prejudicar a autoestima do indivíduo.

Essa falta de estima pode até afetar as relações afetivas, profissionais e de amizade. O incômodo e a vergonha pela ausência dos dentes pode fazer com que a pessoa se afaste do convívio social por medo de passar por alguma situação desagradável.

A boa notícia é que a falta de dentes pode deixar de ser um problema de saúde e estético, graças às técnicas inovadoras e aparelhos de última geração. Por meio dos implantes dentários, por exemplo, é possível restaurar o sorriso do paciente em poucos dias de tratamento e isso vale para qualquer adulto com boas condições de saúde.

"Hoje a reabilitação oral está muito simples. Cuidar do sorriso está mais rápido, indolor e com resultados estéticos fantásticos", afirma o dentista.

Luis Gross Schweller - CROSP: 88783

Graduado na Faculdade Odontologia da Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUC-Campinas) no ano de 2005; Especialista em Implantodontia pela São Leopoldo Mandic; Pós-Graduado em Prótese sobre Implante e Estética pela EAP-ACDC no ano de 2008; Pós-Graduado em Prótese Dentária pela Associação dos Cirurgiões Dentistas de Campinas (ACDC/Campinas) no ano de 2007; Pós-Graduado em Endodontia pela São Leopoldo Mandic no ano de 2006; Pós-Graduado em Endodontia Rotatória pela EAP-ACDC no ano de 2013.

Informações: http://www.lgimplantes.com.br



Website: http://www.lgimplantes.com.br

DINO Este é um conteúdo comercial divulgado pela empresa Dino e não é de responsabilidade do Terra
Publicidade
Publicidade