PUBLICIDADE

Sem Moro, Lula tem 40% e Bolsonaro 35% no 1º turno, segundo PoderData

Levantamento indica que a saída de ex-juiz da corrida presidencial beneficiou atual presidente

13 abr 2022 14h19
| atualizado às 14h40
ver comentários
Publicidade
Lula e Jair Bolsonaro são candidatos competitivos para a eleição presidencial de 2022.
Lula e Jair Bolsonaro são candidatos competitivos para a eleição presidencial de 2022.
Foto: Antonio Cruz e Valter Campanato/Agência-Brasil / Estadão

Com a saída do ex-juiz e ex-ministro Sergio Moro (União Brasil) da corrida presidencial, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) registrou 40% das intenções de voto para o primeiro turno, enquanto o presidente Jair Bolsonaro (PL) somou 35%, segundo pesquisa PoderData divulgada nesta quarta-feira.

Neste cenário, o ex-ministro Ciro Gomes (PDT) tem 5% e o ex-governador de São Paulo João Doria (PSDB) outros 3%, mesmo índice do deputado André Janones (Avante). A senadora Simone Tebet (MDB) obteve 2% das intenções de voto.

Doria e Simone Tebet são dois nomes que buscam se viabilizar como o candidato da chamada terceira via com o objetivo de fazer frente à polarização Lula-Bolsonaro.

Embora não seja possível comparar com a sondagem anterior, o levantamento indica que a saída de Moro da corrida presidencial beneficiou Bolsonaro. Quinze dias atrás, o presidente tinha 32%, enquanto Lula aparecia com 41%. A margem de erro da pesquisa é de 2 pontos percentuais.

No confronto de segundo turno, a diferença entre Lula e Bolsonaro foi reduzida. O ex-presidente tem 47% e o atual chefe do Executivo, 38%. Segundo o instituto, é a menor diferença em um ano --em março de 2021 era 41% para o petista e 36% para o presidente. Na virada de agosto para setembro do ano passado, ela chegou a ser de 25 pontos percentuais --55% para Lula e 30% para Bolsonaro.

A nova pesquisa foi feita por telefone entre os dias 10 e 12 de abril, tendo entrevistado por telefone 3 mil pessoas em 322 municípios nas 27 unidades de Federação.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
Publicidade
Publicidade