6 eventos ao vivo

Ibope-SP: Skaf cai 5 pontos; Alckmin e Padilha sobem 1 ponto

9 set 2014
19h36
atualizado em 10/9/2014 às 07h53
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O candidato do PMDB ao governo de São Paulo, Paulo Skaf, teve queda de 5 pontos nas intenções de votos, de acordo com a nova pesquisa Ibope divulgada nesta terça-feira. Segundo colocado na corrida ao Palácio dos Bandeirantes, Skaf passou de 23% para 18%. O governador Geraldo Alckmin (PSDB), candidato à reeleição, e o candidato petista Alexandre Padilha variaram um ponto cada, dentro, portanto, da margem de erro de 2 pontos percentuais, para mais ou para menos. O governador passou de 47% para 48%, e Padilha de 7% para 8%. Pela pesquisa, Alckmin ganharia a eleição no primeiro turno.

<p>O candidato Paulo Skaf caiu de 23% para 18%</p>
O candidato Paulo Skaf caiu de 23% para 18%
Foto: Alan Morici / Terra

Gilberto Natalini (PV), Raimundo Sena (PCO) e Laércio Benko (PHS) tiveram 1% das intenções de votos. Wagner Farias (PCB), Gilberto Maringoni (PSOL) e Walter Ciglioni (PRTB) não chegaram a 1%. Aqueles que disseram votar em branco ou nulo foram 11%, ante 8% no levantamento anterior. O número dos que não souberam responder se manteve em 11%.

Segundo turno
Em um eventual segundo turno, Alckmin teria 53% das intenções de votos e Skaf 26%. Brancos e nulos somaram 14% e 8% dos entrevistados não souberam responder.

Rejeição
O candidato que apresentou maior rejeição (aquele em quem o entrevistado diz não votar de jeito nenhum) foi Padilha, com 26%, seguido por Alkmin, com 18% e Skaf, 16%. Marigoni, Sena e Benko têm 8% de rejeição; Ciglioni, Natalini e Farias, 7%.

Governo Alckmin
O governo Geraldo Alckmin foi avalidado como ótimo por 8% dos entrevistados e bom por 34%. Os que o consideram regular são 35%, ruim, 8%, e péssimo 10%.

Encomendada pela TV Globo, a pesquisa ocorreu entre os dias 4 e 9 de setembro. Foram entrevistados 2.002 eleitores em 97 municípios. O nível de confiança é de 95%, o que quer dizer que, se levada em conta a margem de erro de dois pontos para mais ou para menos, a probabilidade de o resultado retratar a realidade é de 95%.

A pesquisa está registrada no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) sob o protocolo número SP-00028/2014 e no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob protocolo número BR-0056/2014.

Senado
Na disputa para o senado, José Serra (PSDB) não teve variações nas suas intenções de voto, 33%, e segue na frente de Eduardo Suplicy (PT), que seria escolhido por 27% dos entrevistados. Gilberto Kassab (PSD) corre por fora, com 7%. Tanto ele quanto Suplicy perderam um ponto porcentual em relação ao levantamento anterior.

Veja também:

Os navios gigantescos que a pandemia mandou para o desmanche
Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade