0

Ibope-SP: Alckmin cai, mas seria eleito no primeiro turno

30 set 2014
20h14
  • separator
  • 0
  • comentários

Segundo pesquisa Ibope divulgada nesta terça-feira, o candidato Geraldo Alckmin (PSDB) tem 45% das intenções de voto na corrida pelo governo do Estado de São Paulo, porcentual que seria suficiente para o político se reeleger no primeiro turno.

O tucano teve uma leve queda em relação ao último levantamento do instituto, quando tinha 49% da preferência do eleitorado paulista. Seu principal concorrente, Paulo Skaf (PMDB) teve uma variação positiva nas intenções de voto, saindo de 17% para 19% nesta última pesquisa. O crescimento está dentro da margem de erro.

O terceiro candidato do levantamento é Alexandre Padilha (PT), que subiu três pontos e seria escolhido por 11% dos eleitores. Laércio Benko (PHS), é o único dos demais candidatos que pontuou: 1%. Gilberto Natalini (PV), Gilberto Maringoni (Psol), Wagner Farias (PCO), Raimundo Sena (PCO) e Walter Ciglioni obtiveram 0% das intenções de voto.

Brancos e nulos corresponderam a 13% dos entrevistados, enquanto outros 10% estão indecisos. A pesquisa foi encomendada pela TV Globo e foi realizada entre os dias 27 e 29 de setembro. 2.002 eleitores foram consultados em 96 cidades paulistas e o nível de confiançado levantamento é de 95%. Ele foi registrado no Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo sob o número 00050/2014 e no Tribunal Superior Eleitoral sob o protocolo BR-00903/2014.

Segundo turno

Na projeção do segundo turno entre Geraldo Alckmin e Paulo Skaf, o tucano venceria com 49% dos votos contra 28% do adversário. 14% dos eleitores votariam branco ou nulo e 8% não souberam responder.

Rejeição 

O petista Alexandre Padilha é o candidato com a maior rejeição da população paulista. O ex-ministro da Saúde não seria o escolhido de 20% dos eleitores, enquanto Geraldo Alckmin está no segundo lugar, com 18%, e Skaf em terceiro, com 13%.

Alckmin teve seu governo aprovado por 43% da população paulista, enquanto 33% consideram a administração tucana regular e 20% reprovam o candidato.

Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade