0

TRE-MT indefere pedidos de registros de candidatos ao Senado

Amorézio Dias Vidrago, candidato a senador pela coligação “Mobilizar e Humanizar”, teve o pedido negado. Seus suplentes também tiveram o pedido indeferido

12 ago 2014
15h32
atualizado às 15h34
  • separator
  • 0
  • comentários

O Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso (TRE-MT) indeferiu o pedido de registro de candidato a senador de Amorézio Dias Vidrago, da coligação “Mobilizar e Humanizar” e de seus suplentes, Alessandro Wlademir Silva e José Márcio Figueiredo Paz, nesta terça-feira. A coligação é formada pelos partidos PHS e PMN. 

Segundo o TRE-MT, no início de agosto, a Corte julgou a coligação inabilitada para participar das eleições deste ano, em relação aos cargos relacionados ao Senado. Como a coligação não foi aceita pelo tribunal, os candidatos também tiveram o pedido de registro negado, individualmente. 

O relator dos requerimentos, o juiz membro Lídio Modesto da Silva Filho, explicou que o indeferimento do Demonstrativo de Regularidade de Atos Partidários (Drap), que diz respeito à coligação, prejudica os pedidos de registro de candidatura individual. 

Sobre o indeferimento dos candidatos para o Senado pelo Mato Grosso, o relator explica que o motivo foi justamente a irregularidade da chapa. "O indeferimento de suas candidaturas é medida que se impõe diante das consequências advindas do indeferimento do DRAP", afirmou Silva Filho.

Coligações partidárias: Dilma, Aécio e Eduardo CamposColigações partidárias: Dilma, Aécio e Eduardo Campos

Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade