PUBLICIDADE

Quase 70% dos recém-formados conseguem emprego um ano após se graduarem

Profissionais de TI e Engenharia estão entre os que encontram melhores colocações. Levantamento levou em conta egressos da rede privada de Ensino Superior

19 jul 2022 - 17h09
(atualizado em 20/7/2022 às 13h48)
Ver comentários

Divulgado nesta quarta-feira (19), um levantamento da Associação Brasileira de Mantenedoras de Ensino Superior (ABMES) em parceria com a Symplicity mostrou que 69% dos recém-formados conseguem colocação no mercado de trabalho em até um ano após a conclusão da graduação. A empregabilidade, no entanto, varia de acordo com a modalidade e o curso: a área de tecnologia é a mais promissora, com 82% dos egressos empregados no período. O levantamento levou em conta 2 mil profissionais que se formaram na rede privada de Ensino Superior entre 2020 e 2021.

Foto: Andrea Piacquadio/pexels/Reprodução / Guia do Estudante

+ 21 (possíveis) profissões do futuro para conhecer hoje

Segundo a ABMES, profissionais que se graduaram em bacharelados e tecnológos foram os que mais conseguiram oportunidades no mercado, com 70% e 69%, respectivamente, empregados em um ano. Entre os egressos de licenciaturas, 61% conseguiram uma colocação no período - o que, de acordo com a associação, tem relação com a dinâmica de contratação, marcada por concursos públicos.

-
-
Foto: ABMES/Reprodução / Guia do Estudante

Também vale destacar que nem todos os profissionais encontraram emprego exatamente na área para a qual estudaram. Dos engenheiros formados no período, 77% encontraram um trabalho, sendo 93% na área pretendida. Já entre os formados em Direito, apenas 63% dos que estão empregados encontraram uma ocupação na própria área. Em relação aos tecnólogos, pouco mais da metade (51%) dos que conseguiram um emprego atuam na área para a qual se formaram.

-
-
Foto: ABMES/Reprodução / Guia do Estudante

Além de medir a empregabilidade em cada área, o índice da ABMES  também avaliou os salários dos recém-formados. A média salarial geral foi de R$ 3.799,29, sendo R$ 3.972,52 no grupo de bacharéis, R$ 3.709,48, entre os tecnólogos e R$ 2.392,86 entre os licenciados. No geral, profissionais que conseguiram empregos em suas próprias áreas são mais bem remunerados.

-
-
Foto: ABMES/Reprodução / Guia do Estudante
Guia do Estudante
Publicidade
Publicidade