Como tirar nota mil na redação do Enem

Seus argumentos devem ser usados para convencer quem está lendo

6 jun 2017
17h51
atualizado às 17h57
  • separator
  • comentários

O formato da redação da maioria dos vestibulares e principalmente no Enem é a dissertação-argumentativa na qual o estudante constrói uma tese inicial, defende diferentes pontos de vista ao longo do texto e propõe uma solução no final.

Para obter melhores resultados, faça primeiro a redação. Leia atentamente a proposta e os textos de apoio antes de produzir o seu. Em um rascunho, elabore uma tese e separe as abordagens e argumentos que serão usados para defendê-la. Assim que finalizado, revise seu material.

Foto: iStock

Uma dissertação-argumentativa precisa de introdução, desenvolvimento e conclusão. Na introdução, é preciso apresentar o recorte do tema que você vai abordar. Esta etapa deve ter a sua tese para direcionar a linha de raciocínio.

No desenvolvimento é preciso apresentar suas ideias e justificá-las de forma consistente. Reserve um parágrafo para cada argumento afim de ter espaço para apresentar todas as abordagens necessárias. Por fim, a conclusão deve trazer a solução do problema a partir dos pontos que você levantou ao longo da redação.

Para melhorar sua conclusão, retome as ideias expostas na introdução, junto com os principais argumentos que a justificam. Assim, você confirma sua tese e encerra o debate.

Lembre-se que seus argumentos devem ser usados para convencer quem está lendo e um texto com os parágrafos bem ligados valoriza a argumentação, além de não deixar o examinador confuso ao ler seu texto.

Antes de passar o texto para o cartão de respostas, confira a gramática e veja se existe coerência entre as ideias. Altere o que for preciso e passe o texto a limpo respeitando o limite de linhas e não rasure a prova.

Exato vestibulares Exato vestibulares

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade