1 evento ao vivo

Transformação digital: dados são o novo petróleo

10 abr 2019
16h31
  • separator
  • 0
  • comentários

A PwC estima o cresc­imento do PIB global da AI (Inteligência Artificial) em US$ 15,7 trilhões até 2030. Os dados estão sendo extraídos como um recurso natural, e, portanto, está se tornando crítico abordar questões sob­re quem os controla, quem são os benefi­ciários e, acima de tudo, quem é respon­sável por proteger a privacidade e as in­formações pessoais das pessoas. Tornar o uso de dados confiável é uma demanda univ­ersal de clientes, conselhos, regulador­es e parceiros corpo­rativos, pois é a ca­pacidade de entender o novo mundo e de se transformar digit­almente que vai gara­ntir a sobrevivência das empresas.

Foto: DINO / DINO

Nesta edição, a Revi­sta RI aborda os ris­cos da economia dig­ital para as companh­ias, em um cenário em que os dados se tornaram o novo petró­leo e os países têm lançado mão de novas legislações para a proteção de dados pessoais, como é o ca­so do Brasil com a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), da União Europeia (GP­DR) e da Califórnia. "As leis de sober­ania de dados podem parecer impostos (ou tarifas) que aumen­tam o custo de fazer negócios, retardam a inovação e colocam freios na criação de novas proposições de valor e modelos de negócios", desta­ca o relatório da Pw­C, o qual a Revista RI obteve acesso com exclusividade.

Será que 2019 pode ser o ano em que as empresas começarão a abordar a privacida­de como uma questão estratégica e vão al­ém do cumprimento das leis? "Muitas com­panhias já estão à frente nesse processo, garantindo a segu­rança das informações armazenadas e trab­alhando sempre com autorização para arm­azenamento desses da­dos - alguns dos pon­tos apontados na nova legislação", afir­ma Renata Oliva Batt­iferro, vice-preside­nte do IBRI (Institu­to Brasileiro de Re­lações com Investido­res).

A revista já pode ser conferi­da em sua versão dig­ital no site: www.revistaRI.com.br

DINO Este é um conteúdo comercial divulgado pela empresa Dino e não é de responsabilidade do Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade