0

Seis inovações tecnológicas que estão transformando a área da saúde

De impressão 3D a aplicativos que permitem mais autonomia aos portadores de deficiência, as novas criações estão revolucionando o setor

13 jun 2018
15h30
atualizado às 19h42
  • separator
  • comentários

A tecnologia está cada vez mais presente no dia a dia da sociedade moderna. A expectativa de vida, por exemplo, aumentou em mais de 30 anos, desde 1940, segundo dados do IBGE, devido aos avanços da medicina e tratamentos que surgiram graças às novas ferramentas e soluções digitais. As invenções estão mudando o panorama de saúde no Brasil e no mundo, com aplicações que podem ser usadas tanto por instituições do setor, quanto por pessoas comuns que buscam maior conveniência e agilidade para cuidar de sua saúde.

Conheça seis delas:

Impressão 3D

Essa tecnologia viabiliza a confecção de objetos como próteses, complexos órgãos humanos e até mesmo a impressão de células de forma muito mais rápida e com um nível de detalhe e personalização sem precedentes. A Stratasys, no mercado de impressões 3D há mais 25 anos, aposta nessa ferramenta para trazer inovação no setor de saúde, com atuação nas áreas aeroespacial, automotiva e de educação.

Inteligência Artificial

No Brasil, pesquisadores da Faculdade de Saúde Pública Universidade de São Paulo (FSP-USP) usam a inteligência artificial para realizar importantes previsões para a saúde pública, no Laboratório de Big Data e Análise Preditiva em Saúde (Labdaps). Com análise de diagnósticos e sintomas de pacientes salvos em uma base de dados, é possível identificar padrões e prever com maior precisão doenças como dengue, zika e chikungunya.

Robôs-cirurgiões

Imagine um cirurgião que, além de ser totalmente livre de tremores, também não hesita e realiza cortes com precisão milimétrica. Estes são os robôs-cirurgiões, usados em todo o mundo, inclusive no Brasil, em procedimentos minimamente invasivos. Tecnologias desse tipo, como o STAR (sigla em inglês para "Robô Autônomo Inteligente para Tecidos") funcionam como um braço mecânico e são de grande ajuda para médicos e profissionais que precisam de um desempenho excelente nas cirurgias.

Uber de consultas

Para agilizar o agendamento de consultas e exames, plataformas online conectam profissionais de diversas especialidades, laboratórios e consultórios a pacientes, a partir de sua localidade. A startup Doutor123 atua como um marketplace de serviços de saúde e permite que o indivíduo escolha o dia e horário para realizar a consulta ou um exame de acordo com sua preferência, com pagamento e atendimento completamente remotos.

Exame de vista direto do smartphone

Segundo a Organização Mundial da Saúde, 80% dos casos de problema de visão poderiam ser evitados. No entanto, o uso de equipamentos adequado para realizar os exames é limitado, devido à localização ou situação econômica. Para contornar esse cenário, o aplicativo Peek, permite diagnosticar cataratas, glaucoma e detectar outras doenças como diabetes e hipertensão em pacientes, a partir de uma varredura feita com a câmera do smartphone.

Aplicativos para acessibilidade

Já existem inúmeros gadgets para que pessoas com deficiência tenham maior independência. O Voice Over, por exemplo, é uma ferramenta do Sistema iOS que funciona como um leitor de tela para pessoas que não enxergam. Por meio dele, é possível acessar aplicativos, redes sociais e ganhar autonomia na rotina de trabalho, estudos e comunicação digital. Já o Handtalk, é aplicativo que ajuda a comunicação de pessoas de deficiência auditiva, por meio de tradução para a Linguagem Brasileira de Sinais (Libras).

DINO Este é um conteúdo comercial divulgado pela empresa Dino e não é de responsabilidade do Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade