0

Segurança em primeiro lugar: por que investir em nobreaks?

13 mar 2018
11h24
  • separator
  • comentários

No Brasil, é comum quedas de energia repentinas após fortes chuvas. A perda de informações de computadores e perda de tempo em iniciar todo o trabalho novamente são inconvenientes que todos estão sujeitos, porém, são problemas que podem ser evitados

Foto: DINO

Muitas vezes, o nobreak é confundido com o estabilizador. A diferença entre ambos os equipamentos é que o segundo mencionado possui somente a função de proteção de possíveis danos quanto às oscilações ou quedas de energia, prolongando a vida útil de notebooks, impressoras, telefones, computadores, entre outros. Porém, torna-se ineficaz em caso de apagões.

Considerado o dispositivo mais completo e moderno, o nobreak (conhecido em inglês como "UPS" — Uninterruptible Power Supply — ou, em português, Fonte de Energia Ininterrupta) possui uma bateria interna e tem como objetivo principal "segurar" a energia para que os equipamentos permaneçam ligados por alguns minutos e, além disso, garantir a segurança de informações, uma vez que os arquivos podem ser salvos com tranquilidade antes de desligar o computador corretamente.

Por que ter um nobreak?

• Proteção - não deixa o computador queimar devido às oscilações de energia ou apagões;
• Duração - alguns modelos suportam até 15 minutos ligados. Já outros, seguram a energia por algumas horas;
• Prolonga a vida útil dos equipamentos - devido ao envio de energia "limpa" para os dispositivos conectados a ele, é capaz de conservar os mesmos;
• Segurança - evita que arquivos em aberto sejam apagados quando o computador é desligado subitamente por falta de energia, entre outros pontos.

Modelos de nobreaks disponíveis no mercado

• Standby (offline): tipo mais básico e econômico de nobreak. Possui bateria interna, a qual é ativada a partir da interrupção do provimento de energia elétrica, possibilitando o uso do aparelho em alguns minutos após a oscilação de energia.

• Linha interativa: deduzida como a "evolução" dos modelos Standby, permite a alimentação de outros dispositivos de forma contínua. Assim que é acionado seu modo bateria, pode assegurar energia em torno de 3 a 8 minutos (dependendo da marca, pode até assegurar por mais tempo).

• Online: conhecido como "corrente contínua", é considerado o nobreak de preço elevado, porém o melhor do mercado e mais moderno. Possui a capacidade de manter os equipamentos elétricos alimentados através da bateria o tempo todo, além disso, garante energia filtrada, proporcionando maior proteção e confiabilidade.

Qual nobreak apresenta maior custo-benefício?
Dependerá da demanda do local em que o equipamento será operado. Certamente, se o nobreak será utilizado em casa ou empresas de pequeno porte, em que o número de computadores ou eletrodoméstico é menor, modelos Standby e Interativa podem ser uma boa opção, uma vez que são mais baratos.
Modelos Online são recomendados para gestores que prezam por uma energia mais estável e maior segurança ao gerar dados importantes, como: hospitais, órgãos públicos, indústrias, e-commerces, supermercados, entre outros.

Dica!
Para escolher o modelo que melhor cumpra com suas necessidades, é interessante realizar um cálculo: somar a potência em Watts dos equipamentos que serão conectados ao nobreak, logo depois, multiplique o total por 1,2. Após, acrescente 20% ao resultado. Assim, terá em mãos qual é a potência exigida. Por último, atente-se na voltagem (110V ou 220V).

Ficou com dúvidas? Você pode entrar em contato com a RW Automação , e-commerce que conta com especialistas capazes de te auxiliar na escolha. Acesse: https://www.rwautomacao.com.br/nobreak https://www.rwautomacao.com.br/loja/catalogo.php?categoria=3161-nobreak .



Website: https://www.rwautomacao.com.br/
DINO Este é um conteúdo comercial divulgado pela empresa Dino e não é de responsabilidade do Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade