0

Prêmio Abril de Jornalismo 2017 reconhece os melhores trabalhos da casa em diversos formatos

22 jun 2017
11h45
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Pelo 42º ano reconhecendo a excelência dos trabalhos jornalísticos da casa, o Prêmio Abril de Jornalismo ressaltou, na noite desta segunda-feira, 19, os conteúdos em diversos formatos que foram destaques na empresa ao longo do último ano. E a edição foi recheada de novidades. As tradicionais árvores prateadas deram lugar a troféus de madeira, mais modernos e grafitados, cada um com um design exclusivo. Logo na abertura do evento, Alecsandra Zapparoli, publisher da Abril, destacou que, assim como cada profissional era diferente dos demais, nenhuma árvore seria igual. Ela também falou sobre as mudanças nos trabalhos dos jornalistas ao longo dos últimos anos. "A gente produz mais, produz diferente e não mais para uma revista, e sim para uma marca. Isso faz muita diferença. Quando olhamos para os mais de 400 trabalhos inscritos, fica evidente que continuamos produzindo conteúdo de muita qualidade, graças ao empenho, à capacidade, à resiliência e ao suor de cada um de vocês", afirmou.

Foto: DINO

O formato do Prêmio não poderia deixar de refletir essas mudanças. Thomaz Souto Corrêa, vice-presidente do Conselho Editorial da Abril, apresentou as novidades de 2017: "Nós abandonamos a tradicional divisão por categorias de assuntos, que privilegiava algumas revistas em detrimento de outras, e decidimos premiar boas matérias e as coisas que fazemos de bom, de melhor. Esse conjunto de trabalhos tem que ser mostrado não apenas hoje à noite".

Em seguida, Walter Longo, presidente do Grupo Abril, anunciou os quatro primeiros prêmios da noite, que foram para as quatro melhores capas: CASA CLAUDIA (Duelo de Estilos), MUNDO ESTRANHO (Os Podres do Oscar), ELLE (Otimismo, edição de aniversário) e VEJA (Rio de Janeiro - Uma Morte a Cada Duas Horas). "As capas são nossa identidade, nossa porta de entrada. São elas que vendem e nos definem", afirmou Walter. Ao longo da cerimônia, foram reconhecidos trabalhos em vídeos, em redes sociais, infografias, blogs, fotos, reportagens, edições especiais e conteúdos em variados formatos e plataformas (confira a relação completa de vencedores ao final da matéria). Susana Barbosa, diretora de Redação de ELLE (que arrematou cinco prêmios nesta edição do PAJ), agradeceu essa conquista: "Esse é o resultado de um trabalho que fazemos com amor e dedicação. Quero agradecer a minha equipe, somos engajados, unidos e conseguimos fazer, juntos, uma revista de moda que não é comum - em muitos sentidos".

A diretora Editorial das Femininas, Paula Mageste, também anunciou alguns vencedores da noite. "O ano de 2016 foi feminino, um ano em que as revistas femininas da casa se posicionaram muito bem, com verdade e muito além dos modismos ocasionais", declarou, antes de anunciar o vencedor da categoria Girl Power - que foi CAPRICHO, com o vídeo Quebrando Regras. André Petry, diretor de Redação de VEJA, ressaltou a conquista do título na categoria Reportagem, que elegeu 43 furos de reportagem de VEJA no escândalo da Lava Jato: "Esse prêmio resume a atuação de VEJA no ano de 2016, em que mergulhamos profundamente na maior investigação de um escândalo de corrupção da história do Brasil".

Para encerrar a noite, Victor Civita Neto, presidente do Conselho Editorial da Abril, anunciou, ao lado de Thomaz Souto Corrêa, o vencedor do Prêmio Roberto Civita, que reconhece um profissional da casa que tenha sido destaque durante o ano que passou. No PAJ 2017, o vencedor foi o produtor Multimídia Lucas Soares Mariano. "Esse prêmio é para quem aponta um caminho novo e renovador, para uma aposta da casa, com o intuito de que este profissional evolua ainda mais. Por isso, concedemos uma viagem e um curso para o Lucas, que iniciou sua carreira na empresa com o Curso Abril de Jornalismo", afirmou Titti.

Confira, abaixo, todos os vencedores do PAJ 2017!

Capas
CASA CLAUDIA (Duelo de Estilos)
ELLE (Otimismo, edição de aniversário)
MUNDO ESTRANHO (Os Podres do Oscar)
VEJA (Rio de Janeiro - Uma Morte a Cada Duas Horas)

Relançamento
Manual do Escoteiro Mirim, da Abril Jovem

Blog
Tudo sobre Cinema, VEJA SÃO PAULO

Abre de Matéria
Massa Magra, BOA FORMA

Facebook
CAPRICHO

Reportagem de Capa
Escolhas de Sophia, ELLE

Foto
China Girl, ELLE
O Paciente Zero de uma Epidemia, VEJA
Velozes e Irresponsáveis, VEJA SÃO PAULO
O que Acontece Durante 48h no Rio de Janeiro, VEJA

Infografia
Animais pré-históricos, MUNDO ESTRANHO
Maravilhas Eternas, MUNDO ESTRANHO

Girl power
CAPRICHO, vídeo Quebrando Regras

Vídeo - formato inovador
2 Minutos para Entender, SUPERINTERESSANTE

Vídeorreportagem investigativa
A Máfia do Ferro Velho, VEJA SÃO PAULO

Instagram
VIAGEM E TURISMO

Livro
O Lado Sombrio dos Contos de Fadas, SUPERINTERESSANTE

Editorial de moda
Just Kiss, ELLE
Flower Drama, ELLE
Mambo Italiano, VIP

Edição e pós-produção de vídeos
Olimpíadas, VEJA

Edição especial
CASA CLAUDIA LUXO

Reportagem
A Nova Fronteira da Educação, EXAME
Exames que Salvam Vidas, SAÚDE
Forró de 11 Bilhões, EXAME
20 Segredos que os Médicos Não Contam, SUPERINTERESSANTE
43 furos de reportagem no escândalo da Lava Jato, VEJA

Evento
EXAME Mentoria PME

Vídeorreportagem
Lentes em Choque, VEJA

Aberturas de matérias
Governo Interrompido, GUIA DO ESTUDANTE
Eleição Imprevisível, GUIA DO ESTUDANTE

Prêmio Roberto Civita
Lucas Soares Mariano

Veja também:

PF e BPFron estouram depósito com carregamento milionário e prendem dois homens
DINO Este é um conteúdo comercial divulgado pela empresa Dino e não é de responsabilidade do Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade