0

Pequenas empresas têm sido transformadas com o marketing digital

12 mar 2020
15h03
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Nos últimos anos empresas de porte pequeno a médio têm observado uma forma muito eficiente de divulgar seus produtos e serviços e atrair clientes: o marketing digital. E isso não é sem motivos. Segundo dados de 2018 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), 69,8% da população brasileira possui acesso à internet, o que corresponde a praticamente 2 terços da população total.

Foto: google / DINO

No ranking mundial, os brasileiros são os segundos a passar mais horas por dia navegando na internet, chegando a cerca de 9 horas e 29 minutos e perdendo apenas para as Filipinas, segundo pesquisa divulgada pela Data Reportal, com dados da We Are Social e da Hootsuite. E esses números só tendem a crescer, o que indica que a presença na internet se faz mais e mais necessária, afinal de contas, a probabilidade do público de diversos segmentos estar no meio online é praticamente certa.  

Cada vez mais empreendedores responsáveis por pequenas e médias empresas (PMEs) têm se beneficiado por estratégias na internet, um campo de veiculação muito mais barato em relação às mídias tradicionais, como TV, rádio, revistas, etc. É claro que uma mídia não exclui a outra, mas os números acima mostram que não estar na internet pode tornar um empreendimento quase que invisível. 

No entanto, estratégias na internet requerem tanto cuidado no planejamento e execução quanto às outras, já que é muito fácil "viralizar" de forma negativa ou de se perder no mar de informações oferecidas na web. 

Uma estratégia de marketing digital eficaz é aquelas capaz de fazer com que as marcas se destaquem positivamente entre tantas outras do mesmo nicho, pois as pessoas agora possuem muito mais acesso à informação. Elas pesquisam e analisam muitas possibilidades antes de adquirir um produto ou serviço e as empresas entendem que o aquilo que elas comercializam precisa aparecer nesses resultados.  

Caso real

A empresa mineira Proteg, especializada em proteção radiológica, é um exemplo de empreendimento que viu seus números mudarem graças ao marketing digital. Mais especificamente ao SEO - a otimização para os mecanismos de busca. 

A responsável pelo negócio, Inês Maria de Castro, percebeu a necessidade de aparecer no Google quando os seus clientes em potencial pesquisassem por seu serviço ou por algum assunto relacionado, como por exemplo o nome de aparelhos comumente usados no diagnóstico de doenças, como raio x ou ressonância. 

Em cerca de 6 meses viu o número de acessos ao site subir 92,10% e os contatos de pessoas interessada aumentou graças a essas novas visitas.

Profissionais especializados 

O serviço pelo qual a Proteg se beneficiou foi realizado por uma empresa especializada em marketing digital. Ajudar clientes de vários níveis a conquistar relevância e atingir cada vez mais público na internet: é exatamente esse o trabalho prestado pela agência mineira Cia Web Sites desde 2013. Através de serviços como SEO, criação de sites, criação de conteúdo, criação de campanhas de anúncios pagos, etc., a empresa garante que as marcas conseguem ganhar mais visibilidade na internet.

Para isso, a Cia Web Sites conta com uma equipe multidisciplinar composta por programadores, jornalistas, publicitários, designers, etc., além do CEO Toni Campos, uma das maiores autoridades do SEO no Brasil atualmente. 

Para Campos, umas das principais vantagens do marketing digital é a possibilidade de analisar a efetividade das ações através de métricas como taxas de conversão, de visitas, de cliques em email, etc. É algo que não é tão fácil de fazer com nos modelos de negócios e de publicidade tradicional, já que é bem difícil saber quantas pessoas visualizaram um outdoor, por exemplo. Assim, é possível analisar e alterar o que não está surtindo o efeito esperado.  



Website: https://www.ciawebsites.com.br/

Veja também:

GM e Transitar realizam ação de fiscalização na Rua Paraná
DINO Este é um conteúdo comercial divulgado pela empresa Dino e não é de responsabilidade do Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade