PUBLICIDADE

Ortopedista produz animação para explicar causa frequente de lesões no quadril

Vídeo traz informações sobre o Impacto Fêmoro-Acetabular

7 jun 2017
0comentários
Publicidade

O desgaste da articulação do quadril, também conhecido como artrose, pode ser causado por anormalidades genéticas, do formato da articulação e por fatores bioquímicos. Porém, boa parte destas condições, até então consideradas "sem causa aparente" ainda merecem melhor esclarecimento. Existem evidências de que o Impacto Fêmoro-Acetabular (IFA) exerça papel importante na causa mecânica do desenvolvimento da artrose do quadril.

Foto: DINO

Para explicar melhor este fenômeno, o ortopedista Giancarlo Polesello, especialista em cirurgia do quadril, criou uma animação para o público leigo em que explica, de forma didática, os movimentos da região e as possíveis causas de dor e desconforto, que podem ter consequências graves se não tratadas precocemente.

O quadril ou articulação coxo-femural, é formado pelos ossos da bacia e pelo fêmur, assemelhando-se a uma esfera dentro de uma taça invertida. A cabeça do fêmur e a parte que se encaixa no acetábulo. Essa região tem articulações, cartilagens, e ligamentos, que interagem nos movimentos e trabalham em conjunto, com os músculos da região, para manter estabilidade. "A movimentação produz íntimo contato destas estruturas. Quando há conflito entre o colo do fêmur e a borda do acetábulo, chamamos de Impacto Fêmoro-Acetabular, com a possibilidade de ocorrer alguma lesão importante", explica o ortopedista.

Essas alterações são a principal causa de lesões do lábio acetabular e da cartilagem do quadril em adultos jovens, que levam a artrose precoce da articulação. A artrose do quadril nada mais é que a delaminação contínua da cartilagem que recobre tanto o fêmur quanto o acetábulo desses ossos que as contém. "Quando isso ultrapassa certo limite, a lesão torna-se irreversível. Por isso, é importante o paciente conhecer a dinâmica de funcionamento do quadril e reconhecer possíveis causas de dor e incômodo", ressalta Giancarlo Polesello.

O vídeo está disponível no link: http://www.oquadril.com.br/novo/index.php/animacao-de-impacto-femoro-acetabular

Giancarlo Polesello, médico ortopedista, especialista em cirurgia do quadril. Professor e chefe do Grupo de Afecções do Quadril da Santa Casa de São Paulo e médico do corpo clínico do Hospital Sírio-Libanês.

DINO Este é um conteúdo comercial divulgado pela empresa Dino e não é de responsabilidade do Terra
Publicidade
Publicidade