2 eventos ao vivo

Instituto Olga Kos e FAAP realizam lançamento de livro sobre a obra do pintor e arquiteto Émile Tuchband

Evento fez parte das comemorações pelos 10 anos de fundação do Instituto

27 abr 2017
18h33
  • separator
  • comentários

O lançamento do livro sobre vida e obra do pintor e arquiteto Émile Tuchband - Senhor de Dois Mundos e a abertura da exposição com uma coletânea de obras do artista foi um sucesso. O público lotou as dependências do Museu de Arte Brasileira da Fundação Armando Alvares Penteado (FAAP), no bairro de Higienópolis, em São Paulo, nesta quarta, 26 de abril.

Foto: DINO

O evento fez parte das comemorações de 10 anos de fundação do Instituto Olga Kos, que desenvolve projetos artísticos e esportivos que atendem, prioritariamente, crianças, jovens e adultos com deficiência intelectual. O livro e a exposição são resultados do projeto "Pintou a Síndrome do Respeito", que edita livros sobre a arte brasileira com intuito de divulgar a diversidade cultural e artística do país.

A filha do pintor, Isabelle Tuchband, participou da noite de autógrafos ao lado do autor do livro, o crítico de arte Jacob Klintowitz. Ela, que também é artista plástica, não escondeu a emoção de se envolver num projeto tão especial.

"É uma emoção muito grande estar aqui esta noite, porque meu pai foi uma grande pessoa, um grande ser humano, e agora é um reconhecimento em poder compartilhar a arte e a alegria dele com as pessoas e mostrar para as pessoas também de onde eu vim. Estou muito feliz e o texto do Jacob está maravilhoso também", declarou.

O evento contou também com a presença de participantes das oficinas de arte do Instituto Olga Kos. Carolina Kanashiro Silva, de 23 anos, estava com a mãe.

"Ela adora participar destes lançamentos e se orgulha em dizer que a obra de arte dela está ali e também gosta porque os amigos vêm e ela os vê". Neide Kanashiro Silva contou como a vida da filha se transformou desde que ela passou a frequentar as oficinas de arte do IOK. " Ela não era muito ligada a desenho, agora ela pinta, desenha, usa cores e as técnicas que eles utilizam, como as formas geométricas como linha reta ou curva, tudo isso ela já conhece e sabe como fazer", destacou.
O IOK beneficia mais de 10 mil pessoas e atende atualmente cerca de três mil crianças, jovens e adultos com deficiência intelectual, ou que se encontram em situação de vulnerabilidade social, em mais de 40 locais espalhados por todas as regiões da capital paulista. Para a vice-presidente do instituição, Olga Kos, a parceria com a FAAP coroa o todo o trabalho realizado pelo Instituto ao longo desta década. "É um espaço maravilhoso. É um museu diferenciado. Conseguimos estar aqui numa exposição maravilhosa, onde está todo mundo vendo quem é o pintor e quem são os participantes. Depois de dez anos, eu acho que o Instituto IOK merece um evento deste nível".

O artista e o autor
Homenageado no livro e na mostra, Émile Tuchband foi pintor e arquiteto. Nasceu em Paris, na França, em 1933. Chegou ao Brasil com vinte e três anos, já formado. Destacou-se ao auxiliar Marc Chagall na elaboração do teto da Ópera de Paris. Já no Brasil, radicou-se na cidade de Taubaté, e a partir de 1957, passou a se dedicar exclusivamente à pintura. Em 1960, foi o responsável por produzir o cartaz do filme Orfeu Negro, uma produção franco-brasileira, dirigida por Marcel Camus, a partir da peça de Vinicius de Moraes, e ganhou o Oscar de Melhor Filme Estrangeiro.

O autor do livro, Jacob Klintowitz, é jornalista, escritor e crítico de arte. Já foi curador de várias mostras, entre elas "A Ressacralização da Arte", realizada no Sesc Pompéia, "Um Século de Escultura no Brasil", apresentada no Museu de Arte de São Paulo (Masp), "Formas e Ritmos da Arte Brasileira", no Museu de Charlottenborg, Dinamarca e "Victor Brecheret", mostra de inauguração do Museu Brasileiro de Escultura.

Serviço:
Exposição Émile Tuchband
Período de visitação: até 7 de maio
Local: Mezanino do MAB-FAAP (Rua Alagoas, 903 - Higienópolis)
Horários: Segundas, quartas, quintas e sextas-feiras, das 10h às 18h, com permanência até as 19h
Aos sábados, domingos e feriados, das 10h às 17h, com permanência até as 18h.
(Fechado às terças-feiras, inclusive quando feriado)
Informações: (11) 3662-7198 / www.faap.br/museu
Entrada gratuita

DINO Este é um conteúdo comercial divulgado pela empresa Dino e não é de responsabilidade do Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade