0

Impotência Sexual: uma situação que afeta muitos homens

16 abr 2019
10h07
  • separator
  • comentários

As causas que levam a estas dificuldades podem ser inúmeras tanto sob o ponto de vista clínico como também psicológico. Entretanto, culturalmente, a impotência sexual pode levar a um quadro de ansiedade e constrangimento, bloqueando muitas vezes o saudável relacionamento com a parceira ou o parceiro.

Foto: DINO / DINO

No entanto, a impotência sexual não precisa ser um impedidor para uma vida prazerosa. Logo, a compreensão do assunto visa reduzir o constrangimento em buscar auxílio médico. O corpo precisa de reequilíbrio, principalmente na área dos hormônios.

Os excessos e as faltas que levam à impotência sexual

Dentre as principais causas que levam à impotência sexual estão o diabetes, o colesterol alto, a hipertensão, a obesidade e o tabagismo. Todas estas doenças estão relacionadas ao excesso e aos vícios, prejudicando o corpo na produção de hormônios, como a testosterona, bem como a circulação sanguínea.

Depois dos 50 anos de idade, a produção deste hormônio masculino começa a diminuir de forma progressiva, o que na medicina é chamado de andropausa. O homem começa a apresentar uma redução do desejo sexual, afetando na ereção do pênis.

Contudo, os principais fatores que levam às dificuldades de ereção são de fundo psicológico, principalmente a ansiedade e a depressão. Elas são muito prejudiciais porque trazem consigo sentimentos negativos para o momento da relação sexual.

"O ideal é conseguir tratar a causa emocional e tomar um remédio. Se a primeira parte não for feita [ir ao psicólogo], o paciente vai precisar tomar o remédio para sempre.", explica o urologista Sidney Glina.

Existe o medo, o nervosismo e a insatisfação, todos estes levando ao homem a uma situação de desconforto na hora do sexo. Este receio de não conseguir atender às suas expectativas e da (o) parceira (o) resulta em frustração para ambos.

Uma mudança de compreensão das causas da impotência sexual

Muitos homens ainda têm uma visão errada de que a impotência sexual é ocasionada por características referentes à falta de masculinidade. Este é um grande erro sob o ponto de vista médico porque as causas para a disfunção são todas encontradas na própria ciência, seja fisiologicamente ou por questões psicológicas.

Como tratar a impotência sexual?

O médico responsável por cuidar da saúde dos homens que apresentam impotência sexual é o urologista. Este especialista é responsável pelo diagnóstico, porém, para isso ele solicita que sejam feitos exames para conhecer as motivações que levaram a disfunção.

Desta forma, o tratamento pode ser administrado por meio de medicamentos prescritos por ele próprio ou então o encaminhamento para as áreas especializadas. Um tratamento integrado entre as especialidades (psicologia, cardiologia, endocrinologia e demais) auxilia no resgate da saúde do homem.

Um medicamento tradicional, que não precisa de prescrição e com mais de 45 anos de mercado indicado para o tratamento da impotência sexual é Forteviron®. Age de forma segura e eficaz, reequilibrando todo o organismo.



Website: http://www.forteviron.com.br

DINO Este é um conteúdo comercial divulgado pela empresa Dino e não é de responsabilidade do Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade