3 eventos ao vivo

Envio de dinheiro para o exterior: um comparativo entre as empresas

5 ago 2020
16h50
atualizado às 19h44
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O envio de dinheiro para outros países tem sido cada vez mais recorrente no Brasil. Seja para ajudar um parente no exterior ou realizar pagamentos em moeda estrangeira, as transações financeiras entre fronteiras se tornaram muito comuns.

Foto: DINO / DINO

Existem várias formas de realizar esse tipo operação. Perfis tradicionais podem optar pelos bancos convencionais, mas há bastante burocracia e taxas mais salgadas. Há ainda o serviço de Vale Postal Eletrônico oferecido pelas agências de Correios, que são mais demorados.

Já quem está acostumado ao universo digital pode encontrar soluções mais simples de serem executadas por meio de ferramentas que permitem fazer envios rapidamente, sem sair de casa e com taxas competitivas.  

Para utilizá-las é preciso se cadastrar, informando dados pessoais como nome completo, CPF e e-mail. E, depois, declarar o motivo da remessa, escolher as moedas de envio e destino e digitar o nome e os dados bancários de quem vai receber a quantia.

O pagamento poderá ser feito via boleto bancário ou por meio de transferência para a conta da empresa responsável pela ferramenta. O prazo para recebimento varia de acordo com o valor enviado, a moeda e a plataforma escolhida, podendo ser de um a dois dias úteis, considerando os fusos horários.

Algumas plataformas digitais, como a Transferwise, a Western Union Brasil, a Remessa Online e a Moneygram, facilitam consideravelmente os trâmites desse processo. Entender as características de cada uma pode ajudar a escolher a que melhor atende às necessidades dos clientes.

Transferwise

A Transferwise é uma empresa europeia que permite envio e recebimento de dinheiro para mais de 60 países por meio da internet. Ao fazer o cadastro na página será possível fazer a movimentação de forma rápida e segura. O dinheiro pode levar até dois dias para cair na conta do beneficiário, dependendo do horário que a transação for feita.

Para realizar a operação por meio dessa plataforma, o usuário será descontado entre 2,7% e 3,4%, já incluso o IOF (Imposto sobre Operações Financeiras), sobre o valor total da transferência em reais.  A conversão é feita com base na cotação comercial.

A Transferwise possui um limite de R$ 9 mil reais por envio mensal e R$ 30 mil por ano, quando feito via boleto. Para transferências feitas via TED (Transferência Eletrônica Disponível) entre contas de pessoas físicas, o valor máximo é de R$ 30 mil por envio e R$ 50 mil por ano.

Wester Union Brasil

A Western Union Brasil é a plataforma on-line mais tradicional do mercado. Atua desde a década de 80 presente em mais de 200 países.

As transações podem ser feitas diretamente nas agências parceiras em todo o mundo, por telefone ou pela internet.

As taxas cobradas pela Western Union variam de acordo com o valor a ser enviado, o local de envio ou recebimento e o método de pagamento selecionado. Elas são compostas pela margem de lucro da empresa, o custo da conversão da moeda e o IOF.

A empresa não informa o tipo de cotação utilizada para a conversão e há um aviso de que os valores podem ser alterados e o beneficiário pode receber menos do que foi enviado.

Para envios de valores correspondentes a até mil euros não é necessária a confirmação da identidade do cliente. Uma vez que haja essa identificação, será possível enviar até cinco mil euros a cada três dias.

O pagamento da operação pode ser feito via transferência bancária ou em dinheiro diretamente em alguma agência física da empresa.  

O valor enviado poderá estar na conta do beneficiário de forma praticamente imediata dependendo da data, horário e país de envio.

Remessa online

A Remessa Online é uma plataforma digital criada em 2016, que permite enviar ou receber dinheiro sem precisar sair de casa. Toda a transação é feita via internet e o dinheiro disponibilizado na conta do beneficiário em 24 horas.

A cotação é feita com base no câmbio comercial, portanto, mais barato, e há uma taxa de transação de 1,3% mais o IOF. Em transferências inferiores a R$ 2.500 também há o custo da tarifa bancária.

O limite para envio no cadastro simples da Remessa Online é de R$ 37,5 mil por envio e R$ 75 mil por ano. No cadastro completo são necessários 40% do patrimônio declarado no Imposto de Renda por ano, sem limite de envio.

Por meio dessa plataforma é possível realizar transferência tanto entre contas de pessoas físicas como nas de pessoas jurídicas.

Moneygram

A Moneygram é a segunda maior empresa de transferência monetária no mundo, presente em 200 países.

O envio e o resgate de dinheiro podem ter feitos via agência bancária escolhida pelo remetente ou diretamente em uma das agências da Moneygram espalhadas pelo mundo. Quem faz essa escolha é o remetente e isso pode influenciar no valor final a ser recebido.

No momento da transação é preciso definir quem será responsável pelo pagamento das taxas inerentes ao serviço: remetente ou destinatário. Para transferências realizadas no Brasil, o valor em reais será primeiro convertido para dólar e posteriormente para a moeda de destino.

A Moneygram cobra uma taxa de envio que varia de acordo com o montante a ser enviado, podendo chegar a US$ 216 quando o cliente envia o limite máximo de US$ 10 mil.

Além dessa taxa, há ainda o spread cambial cobrado pelo parceiro da Moneygram, ou seja, a diferença entre o valor pago pela instituição na compra do dinheiro e o valor recebido por ele na operação.



Website: http://www.remessaonline.com.br

Veja também:

A igreja que conecta fiéis a Deus com a ajuda do álcool
DINO Este é um conteúdo comercial divulgado pela empresa Dino e não é de responsabilidade do Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade