0

Como manter a forma no inverno com atividades físicas diferentes

2 ago 2019
11h32
  • separator
  • 0
  • comentários

Durante a estação mais fria do ano, muitas pessoas se entregam ao calor das cobertas e acabam deixando a academia de lado. As baixas temperaturas fazem com que as pessoas fiquem mais sedentárias e abusem da alimentação, principalmente, com o aumento do consumo de doces. Por isso, abandonar a academia nesse período é um péssimo negócio, em especial, se a intenção é encarar o biquíni com confiança, quando o verão chegar.

Foto: DINO / DINO

Para não abandonar os exercícios no inverno há duas dicas de atividades que são divertidas e com pouco tempo trazem um resultado incrível. Uma das práticas que podem ser feitas é o Kangoo Jumps, um equipamento versátil para ser praticado também em locais menores. Além de ser uma atividade divertida, o Kangoo Jumps chama a atenção por absorver 80% do impacto, diminuir as celulites e queimar até 800 calorias, em 45 minutos.
"Por conta do frio, o nosso metabolismo acelera porque precisa de mais energia para manter o corpo aquecido. Essa aceleração contribui com uma queima maior de calorias", afirma Michel Campos, trainer da Kangoo Jumps. Michel também conta que fazer exercícios no inverno exige um preparo maior antes do treino. "Aquecer o corpo antes do treino é fundamental, pois no frio os músculos ficam mais contraídos que em períodos mais quentes. É importante atentar-se também ao alongamento pré e pós-atividade física, que dá uma resposta melhor aos exercícios", aponta.

Outra atividade que tem resultados incríveis com apenas 20 minutos diários é a eletroestimulação. A eletroestimulação é uma forma eficiente para aumentar os músculos, mas também é utilizada para outras finalidades, pois ela não é dolorosa e nem deixa nenhum tipo de mancha pelo corpo.
Não possuindo nenhuma contraindicação e nem efeito colateral, é um tratamento que não é invasivo e que faz com que o músculo fique relaxado. A eletroestimulação está sendo bastante utilizada pelos fisioterapeutas para recuperar os seus pacientes, por atletas que são amadores ou profissionais, a fim de prevenir as lesões e na recuperação do corpo, e também as clínicas de estética a utiliza para tratamentos e massagens no corpo.

A eletroestimulação é um método de tratamento realizado através de impulsos elétricos, os famosos choques, que são enviados por eletrodos, que provocam o relaxamento e a contração do músculo.

Este tipo de tratamento oferece diversos benefícios para o corpo. Quer saber quais? Confira o que a CEO da Action 360, Paula Tuccio, conta sobre:

A eletroestimulação promove diversos benefícios para o corpo e este texto tem o objetivo de apresentar todos a você. Sendo assim, os benefícios são:

1 - Economia de tempo

Com vinte minutos de exercício, utilizando o recurso da eletroestimulação, é possível que a pessoa trabalhe até 350 músculos, tendo um rendimento muito elevado, tempo equivalente a 90 e 120 minutos de um treino convencional. Com duas sessões semanais, no final do mês, já é possível ver resultados expressivos.

2 - Construção muscular

Facilita a obtenção de um bom índice de massa muscular, reduzindo a gordura e o peso, isso, claro, se você mantiver ou melhorar os seus hábitos alimentares. Ela fortalece os músculos, as articulações, e os tendões, aumentando a resistência ao cansaço.

3 - Melhora a qualidade do músculo

Diminui o envelhecimento natural do tecido.

4 - Alívio nos problemas nas costas

Vai melhorar a sua postura, reduzir as dores e o mal-estar nas regiões lombares e costas. Os eletrodos irão exercitar a sua coluna vertebral, fazendo com que os músculos fiquem fortalecidos, aliviando os problemas encontrados nas costas, de forma perceptível, depois de apenas 8 sessões.

5 - Ajuda a regular o sistema urinário.

Previne e melhora as síndromes da incontinência urinária.

6 - Redução do percentual de gordura

Ao fortalecer a sua musculatura, você irá transformar o que antes era gordura, em músculo. Essa é uma atividade de ponta que ajuda bastante na perda de gordura e na tonificação muscular.

7 - Preservação da articulação

Alguns exercícios fazem com que os equipamentos sejam posicionados sobre as articulações, o que causa uma compressão. Com os impulsos elétricos, não há necessidade de utilizar esses equipamentos, o que diminui o exercício e a compressão sobre as articulações.

8 - Equilíbrio do sistema muscular

Os eletrodos estimulam e desenvolvem todos os grupos musculares ao mesmo tempo, ou então, apenas os músculos que você desejar.

9 - Melhora na circulação sanguínea

Melhora a circulação sanguínea e a atividade cardiovascular.

10 - Fortalecimento dos ossos

Fortalece os ossos, prevenindo a osteoporose.

Eletroestimulação é uma das atividades oferecidas pela Action 360 que possui atualmente 19 unidades.

Veja também:

Revista elege os 10 melhores laterais esquerdos do mundo
DINO Este é um conteúdo comercial divulgado pela empresa Dino e não é de responsabilidade do Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade