0

Carreira de redator freelancer é a nova opção no mercado de trabalho

1 ago 2019
14h35
  • separator
  • 0
  • comentários

A internet influencia de maneira impactante as formas de existência das empresas no mercado, hoje. Para se destacar e manter-se na memória do consumidor, a empresa precisa estar presente e atuante no ambiente virtual.

Foto: Meu Redator / DINO

E dadas as métricas de ranqueamento cada vez mais exigentes de sites de buscas, como o Google, a excelência nos conteúdos disponibilizados pelas empresas é indispensável para garantir seu posicionamento nos primeiros resultados.

A principal questão é que a revolução tecnológica fez com que a internet se tornasse o maior veículo de comunicação entre as empresas e seus clientes. Diante dessa mudança na forma de interagir, as organizações passaram a depender do estabelecimento de relações positivas com os usuários pela web.

Esse contexto, tão novo e já tão sólido, justifica a crescente necessidade por redatores de conteúdo que conheçam esse ambiente virtual e possam trabalhar no sentido de fazer com que as empresas demonstrem - e mantenham - sua autoridade na área em que atuam.

Da mesma forma que aumenta a demanda por conteúdos de qualidade, por parte das empresas, aumenta também o interesse de profissionais em se firmarem na profissão de redator, especialmente como redator freelancer - modalidade que não depende de vínculo empregatício, e que permite maior autonomia e controle, por parte do redator, sobre a própria carga de trabalho e sobre seus rendimentos.

"Agora, a profissão tem sido vista como uma alternativa para quem quer trabalhar em uma área diferente, complementar a renda ou atuar profissionalmente com mais autonomia", afirma Juliano Franco Duarte, sócio fundador da plataforma Meu Redator .

Segundo Juliano, é comum pessoas de outras áreas, que gostam e sabem escrever sobre um determinado assunto, atuarem como redatores freelancers nas horas vagas, ou mesmo mudar de profissão, e ter a tão sonhada liberdade de trabalhar em casa. Em tempos de trânsito caótico em pelo menos 10 entre 10 cidades, essa até que não é uma má ideia, não é mesmo?

Mas o que é a plataforma Meu Redator?

Juliano conta que lançou a plataforma Meu Redator em meados de 2016 e hoje já conta com mais de 12 mil profissionais cadastrados.

"O Meu Redator é uma plataforma que atua no mercado há alguns anos, de forma intensa, e, por isso, tem experiência em lidar com clientes e redatores. Nossa forma de trabalho preza pelo respeito mútuo, ofertando valores justos aos dois lados, proporcionando confiança, além de oferecer oportunidades tanto para freelancers iniciantes quanto para aqueles que estão há mais tempo no mercado".

Juliano diz que a ideia do negócio surgiu a partir da percepção do aumento da necessidade do mercado em contratar redatores de conteúdo para seus blogs, bem como da dificuldade em escolher o melhor redator disponível. Ele diz que criou a plataforma pensando principalmente em tornar mais ágil a relação entre empresa e redator, permitindo a este último escolher sobre qual tipo de conteúdo gostaria de escrever, considerando seu know how.

Os três principais focos da plataforma que correspondem à tríade de sucesso da empresa são: foco no cliente, profissionalismo e inovação. Esta tríade é institucionalizada na empresa e é cultivada e praticada pelos profissionais freelas da plataforma, garantindo, assim, dedicação e qualidade em seus serviços entregues.

Como ser um redator freelancer

"Ser um redator freelancer é uma modalidade profissional dinâmica e flexível, que se relaciona com diversas áreas do marketing digital. Não é preciso curso superior específico para atuar nessa área, mas para ser um bom redator, é preciso aprender e se aprimorar constantemente", garante o especialista. E ele continua: "Mesmo que essa não seja sua principal profissão, a prática é fundamental, afinal, é escrevendo que se aprende a escrever".

E como funciona a plataforma Meu Redator? Para receber a demanda, o redator que busca novas oportunidades faz, inicialmente, um cadastro composto por informações pessoais e profissionais, mas isso não é tudo. Para verificar a veracidade de suas habilidades, o Meu Redator exige que o candidato passe por uma qualificação - um teste de aprovação de escrita diante de um tema escolhido. É assim que a plataforma garante a qualidade dos profissionais com quem trabalha.

Vantagens em contratar produção de conteúdo

"Uma produção de conteúdo bem-feita aumenta em até 8x os acessos de um site", diz Juliano.

Uma das principais exigências do público, hoje, é que as empresas disponibilizem e interajam a partir de conteúdos relevantes. Como já é de se imaginar, atender de forma eficaz a esse público depende de profissionais atualizados e que saibam se comunicar com usuários cada vez mais antenados e que buscam experiências verdadeiramente satisfatórias.

Maria Helena, parceira e entusiasta do Meu Redator, é formada em Letras e mestra em Linguística e viciada em revisão textual. Segundo ela, as empresas têm entendido a importância de ter conteúdo de qualidade em seu site e em suas redes sociais, mas se complicam quando o assunto é tempo para se dedicar à produção de bons textos. Daí a crescente procura por redatores competentes e confiáveis.

25 vagas abertas

Quando iniciamos essa matéria o Meu Redator estava com uma disponibilidade de 25 vagas imediatas. Então, se você deseja começar logo a trabalhar, basta fazer seu cadastro na plataforma, preencher seus dados e disponibilizar seu portfólio na plataforma para análise e teste de qualidade.

Soluções

O Meu Redator já possui parceria com as principais agências digitais e produtoras de conteúdos, oferecendo acesso aos melhores profissionais, com a possibilidade de pesquisa de portfólios e análise de perfis, trazendo assim o benefício de escolha de acordo com a necessidade de cada um.

Além disso, a startup está aberta à possibilidade de conversar com o mercado em busca de novos parceiros e soluções para a área.

Assista ao Vídeo Explicativo aqui



Website: https://www.meuredator.com.br

DINO Este é um conteúdo comercial divulgado pela empresa Dino e não é de responsabilidade do Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade