2 eventos ao vivo

Aliados contra o Covid-19: smartphones e tablets

24 mar 2020
15h37
atualizado em 26/3/2020 às 18h19
  • separator
  • 0
  • comentários

Esta é a primeira semana que começou com o Brasil inteiro orientado a ficar em casa. Tudo em consequência da pandemia chamada Covid-19, que vem causando tantos problemas de saúde no mundo todo. Em compensação, grande parte das pessoas tem um aliado no bolso: o celular.

Foto: DINO / DINO

Muita gente está resguardada em casa sozinha e o celular ajuda a diminuir a sensação de distanciamento, através de ligações, videoconferências e troca de mensagens. Segundo a psicóloga Joana Figueiredo Vartanian, mestre em Psicologia Clínica pela USP "Usar o celular, WhatsApp e mídias sociais pode ajudar a diminuir a sensação de isolamento. A pessoa se sente ainda parte de um grupo, consegue minimizar o sentimento de solidão e trazer uma certa sensação de normalidade para o dia a dia".
É a situação de Clarissa Ramalho, 33, funcionária pública, que mora sozinha em São Paulo e com a família morando em outro estado. Ela relata que  "por morar fora, já estava acostumada à distância, mas  agora está muito mais difícil, por não saber quando poderei visitá-los novamente, e por não ter como estar perto de meus pais que já são idosos,  para auxiliá-los, sobretudo minha mãe que reside sozinha e sempre foi muito ativa." Quando se trata de idosos, a situação é ainda mais complexa, pois a recomendação da prefeitura de diversas cidades é de que fiquem em casa. Porém, Joana Vartanian ressalva que "[...] o contato virtual pode substituir por um tempo essas relações, mas não supre o contato físico."

Possibilidades do celular vão além das relações interpessoais

Para amenizar a sensação de tédio, celulares e tablets viram uma fonte de entretenimento nessa época. Jogos, ebooks, streaming (TV por demanda) estão entre as principais atrações da telinha para fugir da monotonia de ficar em casa. E principalmente, fora do expediente.

Uma facilidade para a terceira idade também é fazer pelo celular tarefas que antes faziam parte do dia a dia. Por exemplo: farmácia e mercado, porque existem aplicativos que fazer esses serviços de entrega.

Outra limitação que o Covid-19 (novo Coronavírus) impôs é a impossibilidade de praticar exercícios físicos em locais públicos, como praias, academias, parques e tantos outros equipamentos urbanos. Nesses casos, o que não falta são aplicativos que auxiliem com aulas de exercícios físicos para que todos continuem ativos e com o corpo em movimento. O que é importantíssimo para manter o corpo saudável e com as defesas naturais em dia, segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde).

Os smartphones possuem muitas possibilidades para favorecer o apelo para que todos fiquem em casa. Aproveitar essa facilidade fará as chances da epidemia acabar sem que ninguém sofra com esse distanciamento social.



Website: https://www.nextel.com.br

Veja também:

DINO Este é um conteúdo comercial divulgado pela empresa Dino e não é de responsabilidade do Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade