PUBLICIDADE

Após contrair covid-19, Queiroga posta mensagem antivacina

Ministro da Saúde ficará em quarentena nos EUA

22 set 2021 07h41
| atualizado às 07h52
ver comentários
Publicidade

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, foi diagnosticado com covid-19 na noite da última terça-feira (21), após testar positivo em um exame em Nova York, nos Estados Unidos.

Marcelo Queiroga integra comitiva de Bolsonaro nos EUA
Marcelo Queiroga integra comitiva de Bolsonaro nos EUA
Foto: EPA / Ansa - Brasil

Queiroga faz parte da comitiva que viajou com o presidente Jair Bolsonaro para a Assembleia-Geral das Nações Unidas (ONU) e ficará em quarentena em Nova York por 14 dias. Esse já é o segundo caso positivo de Covid na delegação brasileira.

O ministro da Saúde acompanhou Bolsonaro em todos os seus compromissos nos EUA e inclusive fez gestos obscenos a manifestantes que protestavam contra sua gestão da pandemia - quase 300 mil pessoas já morreram de Covid no Brasil desde que Queiroga tomou posse, em março.

"Comunico a todos que hoje [21] testei positivo para covid19. Ficarei em quarentena nos EUA, seguindo todos os protocolos de segurança sanitária", escreveu o ministro no Twitter. Já no Instagram, Queiroga divulgou uma mensagem antivacina na função stories.

"Que ironia! Ministro Marcelo Queiroga seguiu todos os protocolos, vacinou com a CoronaVac, usa máscara o tempo inteiro e foi contaminado. O presidente não se vacinou, não usa máscara, estava ao lado dele e não pegou", diz um post de uma usuária republicado pelo ministro.

A mensagem já foi excluída do perfil de Queiroga.

Ansa - Brasil   
Publicidade
Publicidade