PUBLICIDADE

Semana úmida e fria em SP

Próximos dias serão marcados por céu nublado, temperaturas baixas e sensação de frio na capital e em áreas do estado de SP. Confira!

10 nov 2021 09h33
ver comentários
Publicidade

Foto: São Paulo (SP) por, Stefanie Tozzo

O mês de novembro começou quente em boa parte do estado de São Paulo. Nos primeiros 08 dias, a média das temperaturas máximas observadas na capital paulista foi de 27,6°C, enquanto a média climatológica de novembro é de 26,9°C, segundo dados da estação meteorológica oficial do Instituto Nacional de Meteorologia, localizada no Mirante de Santana.

A maior temperatura máxima registrada na capital foi 29,5°C no dia 06 de novembro. Mas, depois de dias quentes, o tempo mudou e os termômetros não ultrapassaram os 22,2°C na tarde de terça-feira (09), 5,4°C abaixo do normal para o mês.

O que trouxe o frio?

A passagem de uma frente fria no litoral de São Paulo trouxe novas áreas de instabilidade e chuva para boa parte do estado ao longo da terça-feira (09). Após a passagem do sistema, ventos úmidos e frios que sopram do mar começaram a transportar umidade para a faixa leste paulista. A presença de muita umidade deve persistir, por isso, os dias serão marcados por céu nublado, sensação de frio e chuva em algumas áreas. Confira!

Esse frio fora de época é comum?

Basicamente alguns fatores têm sido marcantes quando o assunto é explicar o frio de São Paulo: águas mais quentes na superfície do Oceano Atlântico Sul, próximo à costa da Região Sul e Sudeste, favorecendo o avanço mais lento das frentes frias, que também trazem chuva, excesso de nebulosidade e ar frio de origem polar. A presença do fenômeno oceânico-atmosférico La Niña — que contribui para o excesso de nebulosidade, fazendo com que a temperatura fique amena em áreas do Sudeste, como os estados de São Paulo e do Rio de Janeiro.

Sol entre muitas nuvens e temperatura amena em SP

O leste do estado, que inclui a região do litoral e capital irão passar a semana com poucas aberturas de sol e temperaturas mais baixas. Os períodos de céu nublado vão predominar no decorrer do dia e não se descarta chuviscos na região da Grande SP, Serra da Mantiqueira e Vale do Paraíba até o fim desta semana.

As temperaturas seguem baixas e a sensação de frio persiste em áreas do leste e na capital nos próximos dias. Na quinta-feira (11), o ar frio se intensifica e a temperatura não passa dos 20ºC. Na sexta-feira (12), cai um pouco mais, com máxima de apenas 19ºC!

As madrugadas também serão frias, com temperaturas oscilando entre os 16°C e 13°C.

Por outro lado, no interior do estado, o sol já aparece com mais força, e em áreas do norte do estado mais próximas de Minas Gerais podem receber chuva moderada a nesta quinta-feira (11). As pancadas de chuva devem acontecer de forma mais isolada e seguem concentradas a partir da tarde, com risco para trovoadas.

Atenção para rajadas de vento nos próximos dias no estado de São Paulo! A tendência é que alivie a sensação de calor também sobre o interior paulista!

 

Chuva forte no litoral paulista

A circulação marítima se intensifica na sexta-feira (12) e há condições para chuva persistente em todo o litoral do estado. Há previsão para chuva volumosa principalmente em áreas do litoral norte paulista. A Climatempo alerta para o risco de chuva forte e volumosa, com raios e eventuais rajadas de vento. Há potencial para alagamentos, transbordamentos e até deslizamento de terra devido às condições de solo encharcado.

Tendência

A partir do sábado (13), as instabilidades enfraquecem e o tempo volta abrir por todas as áreas do estado de São Paulo. A temperatura também volta subir de forma gradual na capital paulista.

Ainda teremos mais dias frios até o fim do mês?

Sim! Assim como confirmado pela previsão de clima para o mês de novembro da Climatempo, não serão descartados novos episódios de frio fora de época no centro-sul do Brasil, com temperaturas dentro a abaixo da média em algumas partes da Região Sudeste. O fenômeno La Niña persiste no Pacífico Equatorial e continua auxiliando no aumento de nebulosidade e temperaturas mais próximas da normalidade até a temporada do verão.

Climatempo
Publicidade
Publicidade