PUBLICIDADE

Material online com foco na proteção da camada de ozônio

Professores podem consultar kits de preparação oferecidos pelo Pnuma. Agência da ONU ainda vai lançar um exclusivo para adolescentes.

26 jan 2022 04h27
ver comentários
Publicidade

Foto: ONU News/NASA: aspecto do buraco na camada de ozônio em setembro de 2018

Professores podem consultar kits de preparação oferecidos pelo Pnuma; série em quadrinhos em diferentes formatos são destinados a alunos pré-adolescentes; agência da ONU ainda vai lançar um exclusivo para adolescentes.

Pnuma defende que restaurar a camada de ozônio danificada e devolvê-la aos níveis anteriores a 1980 serão necessárias décadas

A Secretaria de Ozônio do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente, Pnuma, apresentou o primeiro material online para professores e alunos pré-adolescentes. 

As novas ferramentas oferecem recursos de animação e jogos para educação sobre a proteção da camada de ozônio e do meio ambiente. 

Crise

Os livros de exercícios são para alunos entre 8 e 12 anos. Em breve, a segunda etapa deverá ser especialmente dedicada a grupos da faixa etária seguinte.  

A plataforma de educação do Pnuma destaca a série de histórias Reset Earth, ou reiniciar a Terra, em tradução livre. Os protagonistas Knox, Terran e Sagan são os novos personagens das aventuras para melhorar a consciência dos usuários.  

Para a chefe executiva do secretariado, Meg Seki, as narrativas sobre a camada de ozônio e o Protocolo de Montreal oferecem esperança para a geração mais jovem num momento de crise climática aguda.  

Uma das ideias na concepção do material foi atender à crescente demanda por material didático virtual. Por isso, os kits foram adaptados para impressão e os episódios publicados em formato de quadrinhos para acesso universal. 

Estratosfera  

Na primeira fase, o material introduz a ciência ambiental para ajudar a educar, aumentar a consciência e inspirar ações entre jovens sobre a importância da camada de ozônio e a necessidade contínua de protegê-la. A próxima será especialmente para adolescentes e está em desenvolvimento para lançamento em breve. 

O material faz parte das medidas que vêm sendo lançadas, há cerca de 40 anos, na sequência do alerta sobre o desgaste do escudo invisível a 15 a 35 km acima da superfície da Terra.

A camada do gás presente na estratosfera protege os humanos, os animais, as plantas e os ecossistemas da radiação ultravioleta. 

O buraco de ozônio cresceu com as emissões de substâncias presentes em produtos como latas de aerossol, geladeiras, condicionadores de ar, espumas isolantes, extintores de incêndio, solventes e muitos outros produtos. 

Depois do alerta de cientistas, líderes mundiais e políticos se mobilizaram com ações contra os CFCs e outras substâncias que destroem a camada de ozônio em nível global. Como parte dessas medidas foi adotado o Protocolo de Montreal sobre Substâncias que Destroem a Camada de Ozônio, em 1987.  

Camada

O tratado endossado por pelo menos 197 nações e a União Europeia é considerado um dos que teve maior sucesso em todos os tempos na área ambiental.  

O Pnuma ressalta que a eliminação gradual das substâncias que destroem a camada de ozônio também contribuiu significativamente para conter as mudanças climáticas, pela grande potência da poluição causada pelos gases de efeito estufa. 

A agência reconhece, no entanto, que para restaurar a camada de ozônio danificada e devolvê-la aos níveis anteriores a 1980 serão necessárias décadas de vigilância e proteção constantes por parte da comunidade do Protocolo de Montreal e das gerações futuras.  

Fonte: ONU News

Climatempo
Publicidade
Publicidade