PUBLICIDADE

Maio de 2020 empata recorde de mais quente no mundo

Temperatura média global ficou 0,9°C acima da média do século 20

13 jun 2020 16h47
| atualizado em 14/6/2020 às 10h58
ver comentários
Publicidade

Depois de registrar temperaturas extraordinariamente altas em todo o mundo, maio de 2020 empatou com 2016 como o mês mais quente do mundo já registrado, de acordo com cientistas dos Centros Nacionais de Informação Ambiental da NOAA.

O calor não se limitou apenas a maio. A temporada de três meses (março a maio) e o acumulado do ano (janeiro a maio) ficaram em segundo lugar no recorde mundial de 141 anos.

Clima em números

Maio 2020

A temperatura média global em maio ficou 0,9°C acima da média do século 20, o que iguala o mês a maio de 2016 como o mês mais quente já registrado. Para o Hemisfério Norte, o mês de maio deste ano foi o mais quente registrado, com temperatura de 1,1°C acima da média.

Março a maio de 2020 | Estação

A temperatura média global entre os meses de março e maio ficou 1,0°C acima da média, o que tornou este período o segundo mais quente já registrado, atrás apenas de 2016. Além disso, o Hemisfério Norte teve a segunda primavera mais quente, e o Hemisfério Sul o terceiro outono mais quente já registrado.

Até o momento | Janeiro a maio

O período de janeiro a maio também foi o segundo mais quente já registrado após 2016, com temperatura global de 1,1°C acima da média do século 20, de 13,1°C.

América do Sul, Europa, Ásia e região do Golfo do México tiveram seu ano mais quente registrado.

Estatísticas e fatos climáticos notáveis

A cobertura média de gelo do mar do Ártico em maio de 2020 foi a quarta menor do recorde de 42 anos, 7% abaixo da média de 1981 a 2010, de acordo com a análise feita pelo link do site nacional de dados de neve e gelo.

Alguns lugares esfriaram um pouco: temperaturas mais baixas do que a média foram observadas em maio em grande parte do Canadá, Estados Unidos contíguos, leste da Europa e Austrália, onde as temperaturas ficaram pelo menos 1,0°C abaixo do normal.

Este conteúdo foi traduzido e adaptado pelo meteorologista João Basso. O texto original foi publicado pela NOAA. Para acessar o post, . 

Climatempo
Publicidade
Publicidade