0

Estimativa de produção de arroz é menor no Brasil

Maranhão, Piauí e Rio Grande do Sul tiveram redução de área

15 mar 2019
11h46
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

A estimativa da produção de arroz no Brasil caiu 6,2% em relação ao mês anterior, correspondendo a uma redução de 696,0 mil toneladas. Houve quedas de 2,1% na área plantada, de 3,0% na área a ser colhida e de 3,3% no rendimento médio. A produção deve alcançar 10,5 milhões de toneladas.

De acordo com dados do Departamento de Comunicação Social do IBGE, o Rio Grande do Sul, maior produtor brasileiro (69,8% do total nacional), a estimativa da produção caiu 8,2% em relação a janeiro.

Nos últimos anos, em virtude dos preços pouco compensadores, têm-se verificado, no Rio Grande do Sul, redução da área plantada com arroz irrigado em função do aumento do plantio de soja. A rotação dessas culturas melhora o solo e favorece o rendimento médio de ambas.

De acordo com a Conab - Companhia Nacional de Abastecimento, a produção deverá ser 11,8% menor que a safra passada, ficando em 10,6 milhões de toneladas, ocasionada principalmente, pela redução de área no Rio Grande do Sul, Maranhão e Piauí. A colheita está em 12%. Os dados são do 6º levantamento da Companhia.

AgroclimaPro

Para saber se o melhor caminho é aguardar ou seguir em frente com o plantio você pode contar com o Agroclima PRO, serviço de agrometeorologia de precisão da Climatempo. Com o ele é possível acompanhar os índices de umidade no solo e a previsão de chuva para sua região e, ainda melhor, para a sua fazenda! Nessa safra, a atenção em relação ao melhor momento para o plantio será fundamental para garantir a uniformidade das lavouras. Confiar nas previsões e na expertise da principal empresa privada de meteorologia do país será fundamental para garantir o sucesso da safra que está prestes a iniciar!

Acerte na sua safra! Assine agora mesmo o Agroclima PRO

Veja também:

Previsão Brasil - Nova frente fria se aproxima do Sul
Climatempo
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade