0

Ciclone bomba e massa de ar frio polar causam vento forte no BR

Rajadas ainda acontecem na noite desta segunda-feira, 14 de setembro

14 set 2020
18h42
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O forte ciclone extratropical que se formou hoje (ciclone bomba) na costa da Região Sul do Brasil e a chegada de uma massa de ar frio de origem polar, também forte, sobre o Uruguai e no extremo sul do Brasil causaram fortes rajadas de vento na tarde desta segunda-feira, 14 de setembro, em vários locais da Região Sul e da Região Sudeste.

No fim da tarde, o vento forte era sentido em São Paulo. As rajadas vão continuar sendo observadas no decorrer da noite desta segunda-feira e na madrugada desta terça-feira, 15 de setembro.

Confira algumas rajadas intensas registradas até 18 horas (Brasília) pelo INMET - Instituto Nacional de Meteorologia e em aeroportos

Chuí (RS): 75 km/h

Torres (RS): 73 km/h

Florianópolis (SC): 63 km/h (aero)

Arraial do Cabo (RJ): 69 km/h

São Sebastião (SP): 64 km/h

São Paulo (SP): 42 km/h (Campo de Marte)

Araranguá (SC): 58 km/h

Ciclone bomba em alto-mar e massa de ar frio polar no Uruguai causam grande variação da pressão atmosférica aumentando a velocidade do vento na costa do Sul e do Sudeste

Foto: Climatempo

Ciclone bomba em alto-mar e massa de ar frio polar no Uruguai

Veja também:

Previsão Brasil - Nova frente fria avança sobre o centro-sul do país
Climatempo
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade