0

Algodão pode registrar perda de qualidade

Nível e umidade do solo garante desenvolvimento das lavouras

15 mai 2017
11h39
  • separator
  • comentários

A semana começa com a previsão de chuva em grande parte das regiões produtoras do Brasil . Ao longo da semana ocorrem pancadas de chuva desde o Rio Grande do Sul até o Pará. O motivo são áreas de instabilidade associadas à presença de uma frente fria que deixam o tempo instável e com possibilidade para ocorrência de pancadas de chuva já a partir desta segunda-feira (15). No final da semana, entre a quinta (18) e sexta-feira (19) outra frente fria de maior intensidade irá avançar sobre a região Sul do Brasil e provocar chuvas torrenciais sobre os três estados.

A chuva prevista ao longo da semana irá permitir uma elevação dos níveis de umidade do solo, garantindo excelentes condições ao desenvolvimento do milho safrinha e ao plantio das culturas de inverno, como trigo .

Algodão

Para o algodão a chuva poderá não ser tão favorável e pode acarretar o apodrecimento de alguns botões florais , bem como afetar a qualidade das plumas , já que há lavouras nesse estágio de desenvolvimento.

Café e cana

Além disso, produtores de café e de cana de açúcar da região centro-sul também poderão ser afetados por essas pancadas de chuva, já que irão atrapalhar o pleno andamento da colheita, podendo afetar a qualidade do produto.

Com relação às temperaturas, as madrugadas da semana serão com temperaturas frias em muitos municípios das regiões Sul e Sudeste, porém, não há riscos para ocorrências de geadas.

Agricultura EUA

Nos Estados Unidos a semana será marcada, novamente, pelas pancadas de chuva, sendo que os maiores volumes e chuvas bem mais generalizadas irão ocorrer no final dessa semana, entre a sexta e o sábado. Até lá, apenas irão ocorrer pancadas de chuvas, que não irão atrapalhar o avanço do plantio.

No final de semana, os altos volumes de chuvas previstos poderão atrapalhar e até mesmo paralisar o plantio. Assim, os percentuais de área plantada nos Estados Unidos continuarão inferiores aos valores observados tanto no mesmo período do ano passado quanto à média dos últimos 5 anos. Porém, não há riscos para prejuízos significativos. Apenas o plantio é que será afetado e as temperaturas ganham elevação gradativamente ao longo da semana nas principais regiões produtoras de grãos do País.

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade