PUBLICIDADE

SP: CDHU garante continuidade de programas após ato do MTST

15 jan 2015 11h14
| atualizado às 11h22
ver comentários
Publicidade

O Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST), após manifestação que saiu da Praça da Sé e chegou até a Rua Boa Vista, reuniu-se na tarde desta terça com representantes das secretarias do estado de Habitação e dos Transportes Metropolitanos. A Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU), vinculada à Habitação, informou, em nota, que “foi reiterado o compromisso da pasta com a programação de atendimento às famílias nos projetos de habitação de interesse social”.

Segundo a Polícia Militar (PM), participam da passeata cerca de 500 manifestantes. O movimento diz que foram 3 mil pessoas, que reivindicaram cumprimentos dos acordos.

O coordenador do MTST, Guilherme Boulos, disse que o movimento também repudia o aumento das tarifas no transporte. "É deixar claro o repúdio do MTST ao aumento da tarifa e mostrar que (a entidade) está junto na luta pela redução da tarifa do transporte", completa.

A Secretaria dos Transportes Metropolitanos não apresentou posicionamento sobre a reunião de hoje até a conclusão da reportagem.

Agência Brasil Agência Brasil
Publicidade
Publicidade