0

'Precisamos unir todos os democratas'

3 jun 2020
07h37
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Fernando Guimarães, coordenador do 'Direitos Já!', concedeu entrevista comentando os movimentos em defesa da democracia que ocorrem no País. Confira:

O fato de o 'Direitos Já' reunir representantes da direita, esquerda e centro aproxima o grupo do movimentos das Diretas Já? É por isso a semelhança no nome?

Sem dúvida. O momento é extremamente delicado e exige demonstrações de responsabilidade histórica. Não é hora de olharmos para o retrovisor, remoer diferenças ou fazer cálculos eleitorais. Precisamos unir todos os democratas em seus gestos de grandeza no firme propósito de salvaguardar a democracia, afinal, é justamente ela e somente ela que pode assegurar a liberdade para as disputas dos distintos projetos de sociedade.

Na avaliação dos integrantes do grupo, a democracia corre perigo hoje no Brasil? De que forma a sociedade deve se mobilizar contra avanços autoritários?

A democracia vem sendo minada a cada dia por esse governo, cujo líder exercita a sua forte vocação autoritária. Seu projeto é o enfrentamento permanente das instituições republicanas, dos limites constitucionais do exercício da Presidência da República, do desmonte de todos os avanços democráticos e civilizatórios conquistados pela sociedade.

De que forma esses outros grupos que estão surgindo podem ajudar nessa defesa da democracia? A tendência é que todos se tornem uma coisa só?

Todos os movimentos que surgirem em defesa da democracia são muito bem-vindos. Esperamos contar com a participação de todos eles no nosso grande ato dia 26. Cada um tem as suas características e não há razão para que se tornem uma coisa só.

Veja também:

Bolsonaro já admitiu que Wassef era seu advogado
Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade