5 eventos ao vivo

Justiça do Rio homologa delação de doleiro Dario Messer

Considerado o "doleiro dos doleiros", Dario Messer se comprometeu a devolver cerca de 1 bilhão de reais aos cofres públicos

12 ago 2020
20h37
atualizado às 21h21
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
Dario Messer
Dario Messer
Foto: Facebook/Reprodução / Estadão Conteúdo

A Justiça Federal do Rio de Janeiro homologou nesta quarta-feira o acordo de delação premiada do doleiro Dario Messer, com a participação da Polícia Federal e do Ministério Público Federal, em que ele se comprometeu a devolver cerca de 1 bilhão de reais aos cofres públicos, informou o MPF.

Conhecido como "doleiro dos doleiros", Messer é réu de processos da operação Lava Jato do Rio por esquemas nacionais e transnacionais de lavagem de dinheiro e outros crimes.

O doleiro esteve envolvido na ação que resultou em ordem de prisão da Lava Jato fluminense no ano passado contra o ex-presidente paraguaio Horacio Cartes. Investigações apontaram que Cartes teria ajudado Messer a se manter foragido no Paraguai antes de o doleiro ser preso em julho do ano passado.

Pelo acordo anunciado, o colaborador deverá cumprir pena de até 18 anos e 9 meses de prisão, com progressão de regime prevista em lei --inicialmente em regime fechado-- apesar da devolução de 1 bilhão de reais.

Veja também:

Bolsonaro fala em 'cartão vermelho' para quem sugere congelar aposentadorias e enterra Renda Brasil
Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade