PUBLICIDADE

Jorge Oliveira deve deixar Secretaria-Geral da presidência

Após aprovação do Senado, ele dará início a Subchefia de Assuntos Jurídicos

20 out 2020 07h12
| atualizado às 07h42
ver comentários
Publicidade

O Planalto já definiu a estratégia para substituir o ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Jorge Oliveira, indicado para o Tribunal de Contas da União. A ideia é que, uma vez aprovado pelo Senado, Oliveira dê início imediato à transição na Subchefia de Assuntos Jurídicos (SAJ), uma das áreas mais importantes do governo e que está sob seu comando.

Presidente Jair Bolsonaro ao lado de Jorge Oliveira no Palácio do Planalto
24/06/2019
REUTERS/Adriano Machado
Presidente Jair Bolsonaro ao lado de Jorge Oliveira no Palácio do Planalto 24/06/2019 REUTERS/Adriano Machado
Foto: Reuters

Oliveira será sabatinado nesta terça-feira, 20, na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado. A votação no plenário deve ocorrer amanhã. Até agora, o nome mais cotado para substituir Oliveira na SAJ é o de Pedro Sousa, chefe de gabinete de Jair Bolsonaro. Já o comando da Secretaria-Geral só deverá ser trocado no fim do ano.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Estadão
Publicidade
Publicidade