0

Após impeachment, manifestantes invadem sede do PMDB no RS

31 ago 2016
23h16
  • separator
  • 0
  • comentários

Um grupo de manifestantes contrários ao impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff invadiu nesta noite a sede do PMDB em Porto Alegre. Conforme as informações iniciais, o grupo de aproximadamente três mil pessoas saiu da Esquina Democrática, na região central da cidade, e marchou até a avenida João Pessoa, onde fica o comitê da sigla. Lá, além de um velório simbólico com queima de um caixão de papelão, alguns manifestantes depredaram e invadiram o prédio.

Grupo depredou prédio onde funciona sede da sigla no começo da noite desta quarta-feira
Grupo depredou prédio onde funciona sede da sigla no começo da noite desta quarta-feira
Foto: Guilherme Kepler/Rádio Guaíba

A Brigada Militar, que fazia o acompanhamento do protesto, disparou quatro bombas de efeito moral para conter o grupo. Os manifestantes dispersaram e seguiram em marcha pelas ruas do bairro Cidade Baixa. Além da invasão, a fachada do edifício foi novamente pichada e um contêiner de lixo foi danificado.

Já no parque Moinhos de Vento uma manifestação favorável ao impeachment foi marcada para o mesmo horário, mas não teve grande adesão. Até às 20h, pouco mais de 30 pessoas se concentravam na esquina da avenida Goethe com a rua Mostardeiro. Por enquanto, não há registro de confronto entre grupos contrários.

Grupo depredou prédio onde funciona sede da sigla no começo da noite desta quarta-feira
Grupo depredou prédio onde funciona sede da sigla no começo da noite desta quarta-feira
Foto: Guilherme Kepler/Rádio Guaíba
Fonte: Especial para Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade