2 eventos ao vivo

Doria: 'Bolsonaro, em vez de treinar tiro, treine a compaixão'

29 abr 2020
14h29
atualizado às 14h29
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), voltou a criticar o presidente da Jair Bolsonaro ao fim da entrevista coletiva desta quarta-feira, 29, no Palácio dos Bandeirantes.

"Bolsonaro, em vez de treinar tiro, treine a compaixão", disse o governador sobre a ida de presidente ao estande de tiro no dia em que o País alcançava a marca de 5 mil mortes pelo novo coronavírus.

Mais cedo, Doria havia também respondido à pergunta retórica de Bolsonaro - que respondeu ontem "vou fazer o quê?" ao questionamento sobre o novo recorde de óbitos - e cobrado respeito do presidente aos profissionais de Saúde. "Respeite os médicos os profissionais de Saúde que ao contrário do senhor, que vai pro estande de tiro, estão trabalhando para salvar vidas e proteger seres humanos".

Veja também:

Após pressão, Ministério da Saúde anuncia compra da vacina da Pfizer e negociação com a Janssen
Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade