0

CBF quer levar Seleção a Bolsonaro para festa do título

17 jun 2019
11h08
atualizado às 11h08
  • separator
  • 0
  • comentários

A cúpula da CBF pretende levar a Seleção brasileira até Brasília, para uma visita ao presidente Jair Bolsonaro, se a equipe conquistar o título da Copa América. O assunto vem sendo tratado com cuidado pela confederação e assessores do Palácio do Planalto.

Mesmo que Bolsonaro compareça a uma eventual final da Copa América, no Maracanã, com a presença da Seleção, e o time seja campeão, a ideia da CBF é que haja um encontro mais protocolar com o presidente.

O presidente da República, Jair Bolsonaro
O presidente da República, Jair Bolsonaro
Foto: Adriano Machado / Reuters

O gesto não pode ser atribuído somente como uma deferência especial à Presidência da República. Por trás da iniciativa, está uma estratégia que a CBF desempenha com competência já faz muito tempo – atrair a simpatia das autoridades a fim de neutralizar possíveis investigações de desvios cometidos por seus dirigentes.

Não foi por acaso que durante anos, o então presidente da entidade, Ricardo Teixeira, manteve no Distrito Federal uma pequena subsede da CBF, onde havia uma agenda permanente de almoços, recepções e jogos de futebol entre parlamentares.

Ano passado, quando Bolsonaro venceu as eleições, o técnico Tite foi indagado sobre a possibilidade de um encontro da Seleção com o presidente antes mesmo ou depois da Copa América. Na oportunidade, ele disse que o melhor seria evitar o contato, enfatizando que a sua atividade não se mistura (com política) e que se sentiria desconfortável com a situação.

Veja também

 

Fonte: Silvio Alves Barsetti
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade